quarta-feira, dezembro 06, 2006

Hit the road, Jack!

(galera, mal ae, eu jurei que eu tinha postado isso lá no colégio, mas como lá o blogger também fica em japonês, apertei o botão "salvar como rascunho" ao invés de "postar", e ficou guardado... bom, vai um post cabulosamente grande então!)

Salve leitores do do meu (jah nao atualizado todo dia) blog. Mas tambem, nao tenho tanta coisa interessante pra contar, fora que estou esperando a chegada da mafia Kemper aqui no Japao, enquanto isso "estudo" e trabalho. Porem, de vez em quando, dah a pala e eu faco alguma coisa nao-normal, e, se eu lembro, cai no blog. Bom, estah aih a nova (estou digitando no pc do colegio, mal a falta de acentos de novo):

Sabado( 25/11) , 4h da tarde. Acabou a aula, sem trampo, sobrando tempo, estou de bobeira nos arredores do colegio quando meu brother espanhol me manda um mail dizendo que ia pagar uma grana que tava me devendo. Grana, sobra de tempo... Fui alugar um carro, pra celebrar o quase um mes de carteira de motorista (sabado era dia 25 de novembro, tirada dia 26 de outubro) e, consequentemente, quase um mes sem pegar num carro. Vale ressaltar tambem que fazia mais de 1 ano e 7 meses que eu nao pegava transito, mas quem disse que eu tava me preocupando com isso? Tah que a loja ficava na frente da estacao de trem e desembocava numa rua movimentada, mas dane-se! O espanhol pilhou tambem, fomos. Alugar foi facil, aqui nego confia mais em geral (deve ter menos picareta tambem), logo nao precisa de cartao de credito nem merda nenhuma, soh da carteira de motorista e dinheiro. Como o colegio fica longe bagarai da minha casa e eu pretendia dirigir ateh as 10 da noite (horario maximo de devolucao), escolhi uma loja "perto" de onde eu moro. Assinei os papeis, fui pegar o carro. Automatico. Desculpem a falta de foto, mas o mais impressionante eh que entre o banco do passageiro e do motorista nao tinha absolutamente NADA.
"Senhor, algum problema?"
"Tipo... como dirige isso?"
"Ah, eh simples. Tah vendo essa manete do lado esquerdo do volante?"
"Uhum, a que nao eh do limpador de para-brisas?"
"Essa. Isso eh o cambio. N eh Neutro (ponto-morto), R eh reh, D eh drive. L, 2, 3 acho que voce nao vai precisar usar, entao vai de NDR soh que tah valendo."
"Tah... mas e o 'freio de mao'?"
"?"

"Ah, o 'freio-de-lado'?" (o cara falou 'saido breiku', ou 'side break' em ingles)
"Eh..." (supus que seja a mesma coisa)
"Peh esquerdo. Pisa ateh o final, ele trava. Pisa de novo, ele solta."
"Soooh... (enquanto falava isso imaginava uma serie de merdas que eu poderia fazer pisando no 'freio de lado' no instinto da embreagem) Acho que jah dah pra ir agora, valeu tio!"
"Atencao no transito!"
"Taaah..."
"Aah, e como usa a Navi*?"
Navi: Abreviacao de Navigator, aquelas telas de LCD com GPS e mapa dinamico, que planejam rotas e etc...
"Tela de toque, se quiser ir pra algum luga
r aperta 'Destino' e coloca ou o telefone do lugar ou vai pelo endereco. Pra cd, aperta CD que dah pra colocar um CD de audio."
"Valeu!"


Beleza, solta o "freio de lado", pega a manete, poe no D e o carro comeca a apitar e ir pra tras. Tudo bem, coloquei no R. Este incidente se repetiu mais algumas vezes durante o percurso, eu REALMENTE nao tenho afinidade com AT. Ok,
D, acelerador, vamos! Pra onde? Eu nao tinha entendido como funcionava a navi, tampouco o meu copiloto. Pelo menos o mapa estava aparecendo na tela. Enquanto o espanha tentava colocar a casa dele como "destino", eu tentava me concentrar no transito caotico. No instinto consegui chegar na casa dele, logicamente depois de uma volta sinistra. Enquanto eu me dedicava a aprender como mexia na navi o espanha foi pegar uns cds. Demos mais uma volta em Kamata e meu copiloto teve que sair, jah que tinha compromisso. Na falta do que fazer, resolvi ir ateh em casa, depois ver se pegava o diogo no trampo e depois ir pra entregar o carro. No caminho pra casa, descobri porque que ter um carro no japao nao eh tanta vantagem: levei 3h pra fazer um percurso de 30km. Tah que no meio eu fiz umas loucuras, achei que a navi pegava as vias mais largas, logo fui no freestyle por umas ruas secundarias, mas serio, desisti logo. As ruas eram, teoricamente, de mao dupla, mas soh passava 1 carro e meio quando largas, e isso aliado ao meu cabacismo e o fato de existirem carros na contramao, me fez retornar ao esquema da navi. E em contar que depois de 1h de direcao eu jah tava com uma vontade monstra de mijar, imaginem o que foi aguentar mais 2h no friozinho que tava, sentado, num engarrafamento.
Chegando perto de casa, e com o tempo suficiente apenas para parar, mijar e ter que devolver o carro, descobri que eu nao sabia como fazer pra entrar no meu predio, vindo de carro, e eu nao tava na pilha de procurar como com minha bexiga quase estourando. Dirigi ateh a combini mais proxima, que eu sabia que tinha estacionamento, e mais uma vez tive que pedalar pra achar como entrar na combini que estava do
outro lado da rua. Acabei dando um cabrioleh (como diria Seu Kemps) mais pra frente e fiz um retorno pra deixar a combini do mesmo lado da rua. Chegando lah, estacionei. E quem disse que iria ser um alivio? Parei o carro, coloquei no N, desliguei as luzes, fui tirar a chave... quem disse que a chave saia? Perdi uns 5min tentando descobrir como tirar a chave quando cheguei a conclusao que "ora, estamos no japao, deixa o carro aberto com a chave dentro que nao vai acontecer nada!". Problema resolvido, banheiro! Serio, se nao foram 40s mijando, foi 1 minuto. Logico que meu instinto de brazuca nao me deixou mijar tranquilamente por ter deixado o carro aberto, mas no final estava de boa. Comprei algo pra comer e vazei. O caminho ateh a loja foi facil, confiei mais na navi, e como era o sentido oposto ao fluxo "voltando pra casa", e jah era meio tarde, foi rapido. E eu ainda tinha que abastecer o carro. Dei umas voltas perto da loja mas nada de posto. Liguei o foda-se e deixei os caras me cobrarem o combustivel na locadora, deu uns 6 dolares, para 70km ateh que nao foi tao facada, mas jah era previsto ser mais caro que o normal. (carro 1.o, automatico, gasolina a 1,08 dolares, estimo que seriam uns 5,83 dolares se eu achasse um posto). Fim da aventura, voltei de trem pra casa, mais uma vez...

Finalmente tomei vergonha na cara e virei trainer do McDonalds. Não que eu não fosse, eu já treinava a galera, de fato meu posto era TR-T (Trainee de trainer), mas como minhas férias estavam chegando perto e o manager que tava me treinando ter dado uma data limite, terminei de ler o livrinho, escrever as paradas e fiz a avaliação. Passei. O que muda:
-Meu salário aumenta 50 ienes por hora (O básico é 1000, levei duas promoções de 5, logo estava em 1010)
-Tenho que treinar nego decentemente agora, ou a culpa cai sobre mim do cara ser oreia
-Se nego tiver trabalhando lerdo ou ruim ou sujo, e v
ier alguma reclamação, cai e mim

Dane-se, é legal ser trainer. Comparativamente falando, seria um Sargento do Exército. Na verdade, o Osmar tem MUITAS coisas próximas ao sistema do Exército, mas isso é assunto pra outra conversa.

Falando em Osmar, nego tá desesperado que eu não vou trabalhar lá 1 mês, mas como já tinha avisado em Agosto (mesmo que eles não lembravam, mas avisei com MUITA antecedência), mas nem que eu precisasse me demitir eu ia tirar essas férias agora pra passar com nego lá de casa que vem me visitar. Ora, gosto do meu trampo, gosto da grana, mas felizmente eu ainda tenho uma bolsa de estudos que me permite fazer essas insanidades! =P

Sobrou uma fantasia de Pikachu na minha mão, lá no trampo. Olha o que que deu... Nego tá vendendo um calendário do Pokémon no Mc, daí de vez em quando uma mina vai fazer propaganda fantasiada disso... heuhue, mas foi divertido se vestir de Pikachu.

Domingão (03/12) teve o Teste de Proficiência de Língua Japonesa (日本語能力試験 - にほんご・のうりょく・しけん - Nihongo Nouryoku Shiken) , fui lá na Universidade de Engenharia Agrícola de Tokyo (foto ao lado) marcar bolinhas. Deste ano a parte de Kanjis/Palavras foi mais tranquila, o Listening não foi tão complicado, mas eu devo ter dado umas moscadas por falta de treino, mas agora a parte de Compreensão de Texto/Gramática foi meio densa. Esperamos o resultado em Fevereiro! Laly, como tu foi? De noite, fizemos o segundo Go-Maru-Go (505) Meeting, mais uma vez fomos num restaurante família patrocinado pela casa, comer o que quisesse. Hehehe, é bom pedir as coisas em sequência sem se preocupar com o preço! Mais uma vez, saímos

Começaram as provas. Tô pedalando pra ver se consigo tirar tudo A desta vez, pra ver se eu tenho uma chance ainda de estender minha bolsa pra universidade. E não é tão tranquilo assim: tá que as matérias não são difíceis (em geral) mas tem uns professores punks de vez em quando, daí tem que pedalar. Sério, se eu viso estender minha bolsa, nestas provas agora do meio do semestre e nas do final do semestre eu não posso tirar nada abaixo de A, já que eu já tô no limite de matérias B e C...

Ontem (sim, ontem mesmo! dia 05 de Dezembro) fui num show do Sekai Ichi (セカイイチ) de novo. Salvo engano só o Brunoro conhece, mas peçam pra ele as músicas, ou então diretamente pra mim que eu mando! Falando em Brunoro, leke, tu tá lendo o blog? Qual a maneira mais fácil e rápida de te achar? Tel da tua casa ou mail? Tuas caixas (creio que tu mandou 2) ainda não chegaram. Tá que uma foi de navio, mas tá meio fora do prazo, não? E, se pá, a outra foi de navio também, se possível checa lá no site dos correios... Mas então, o show foi massa. Tocaram outras 3 bandas, Clammbon abriu o show, banda massa, uma mina tecladista/vocal, um baixista e um batera, agitaram nego, e parece que é meio conhecida no mundo das bandas pequenas. Na sequência veio Sloth Love Chunks, que definia com grande fidelidade o conceito de "Ruído". Eu e o Diogo tivemos que sair na 3 ª música que o ouvido tava doendo já. Em terceiro Sekai Ichi agitou geral, acabei descobrindo que a vocal do Clammbon fazia o back em uma das músicas deles, do 1º CD, salvo engano. Sekai Ichi compensou bem a outra banda, pena que foi meio curto o show. Depois veio Mo'some Tonebenders, agitaram também os poucos que ficaram até o final. Mas depois de 4h de show, já tava trash o ouvido, não deu pra curtir TANTO as últimas músicas. Tenho o ouvido zumbindo até agora.

Agora, a parte de responder os comentários:
"O jardineiro é Jesus, e as arveres somo nozes", que comédia!
"... e as arveres"
"arvÔ!"
"arvorozos"
"arvÔRES!!!"
Indiscutivelmente, o cara ficando puto no fundo é a melhor parte! E o trabalho de vídeo também ficou fantástico!

Pô, foi até massa que a primeira vez que eu vi o bagulho do ilusionista eu tava com sono, chegou a dar o gela, mas ficou meio tosco demais, não? Dá até pra rir, mas sei lá...

Alguém viu a foto do Diogo? Hehehe, de pensar que ele fez foto pra alguma publicidade nesse naipe...


Ae, valendo um Cartão de Ano Novo Custom Go-Maru-Go (em jap), ponham o nome e endereço num comment DESTE post até dia 9 pra dar tempo de fazer junto com os que vamos fazer pra galera do japão.

Abraços, おつかれー

sexta-feira, novembro 10, 2006

Sabadão no Ticket PIA

(digitado no celular, mal pela falta de acentos)

copa toyota. talvez voces conhecam como mundial interclubes de futebol, mas no japao eh mais um evento patrocinado por uma das mega-empresas. mas claro, existem fas de futebol em todo lugar, e fas que sabem o valor de um evento desses. e o fato dos tickets para a partida final terem se esgotado em velocidade impressionante na primeira fase de vendas adicionado ao fato de ser a ultima fase de vendas e do meu pai ser um colorado doente me impulsionou a chegar duas horas antes da abertura da loja. quem rodou foi o claus, que foi dormir lah em casa e acabou tendo q acordar cedo na minha aba. mal ae irmao!

anyway, o dia prometia. cheguei no famoso shopping 109 (ichi-maru-kyuu - um-bola-nove em port) 8 da matina e tinha uma mulherada junta tirando foto pra sabe-Deus-o-que. cara, foi fenomenal ver como q elas faziam as poses: imagina suas pernas andando pra frente, mas teu torax fica parado. entao, agora elas davam meio passo e desequilibravam pra foto. soh que se voces se lembram bem, fotos profissionais sao tiradas em dezenas pra depois escolher uma unica misera foto, e isso resultou numa diversao de uns 15min pra mim, jah q elas ficavam dando essa semi-balangada praticamente a cada dois segundos, durante os 40s que o sinal ficava aberto, por umas 5-6 vezes que o sinal abriu. tinha quase soh gata, mas a cara de bunda q umas faziam ao inves do falso, porem convincente, sorriso era mais divertido.

mas entao, a minha previsao de quantidade de fas querendo comprar ingresso foi um tanto quanto errada: duas horas antes, ao inves de nao ter ninguem como imaginei, tinham 4. e meia hora antes de abrir tinham 7 (os 4 de antes, eu, a denise e o osorio). falando no osorio, eh um brazuca (oonh) colorado (ooohx2) gente boa q conheci na "enorme" fila. o cara veio do brasil na aba duma churrascaria chamada barbacoa, que existe aqui em toquio tambem, e foi outro que deu a sorte do proprio time vir pra ca. marquei um mate com ele quando o seu kemps chegar!

depois disso zuni pra feira cultural do meu colegio. foi massa trampar vendendo salsichao e banana com chocolate. agora, nao me pergunte pq nego do SSC escolheu duas comidas falicas pra vender, mas que deu um lucro massa, deu!

sexta-feira, outubro 27, 2006

ALELUIA!

(alguém sabe como reduzir o tamanho das imagens???)





Depois de aplicar 135 vezes o teste e 2 milhões de ienes, finalmente recebi a carteira de motorista! Falta alugar um carro e zoar agora. Pelo menos desta vez no teste eu fiz uma apresentação exemplar, dirigi bem e confiante, tudo graças ao tio da auto-escola da semana passada que, em 1h, conseguiu me passar as dicas e corrigir meus erros. Agora, finalmente, tenho liberdade!

E pra completar a alegria, não obstante comprar um board, resolvi mudar a arte do mesmo, uma vez que os modelos mais baratos são os mais nerds. É um Volkl Sensor 158, se alguém quiser procurar na net. Gastei dois dias porque não tinha a tinta vermelha ("extremamente fundamental") e o verniz (esse sim fundamental) e uns metros de fita pra mascarar, mas estou satisfeito com o resultado! Acho que minha pala "need for speed" de ser averso a coisas standard e fã de customizações se mostra grande, e somada ao ócio...

Fora isso, to numa semana marromeno. Mas tudo se encaminha pra se endireitar, semana que vem tem a "feira cultural" do meu colégio, quer dizer, 7 dias de folga. Tá que eu vou ter que ir alguns dias, mas não sendo aula, já tá valendo.

AGORA:

-Pessoal, eu não quero ser a Britney Spears. Entretanto, na situação citada acima estava phoda MESMO, cheio de macho suado envolta com o trem balangando... não foi legal.

-Já estou dirigindo razoavelmente bem, se for considerar a 1h de aula mais as 4 provas como a única experiência que eu tive nos últimos 18 meses... Assim que eu pegar um RX-8 eu mando lembranças pra galera dae =P

-Clipe do MIB, caraaaalho alê, valeu! Como tu fez a proeza? Valeu mesmo por colocar no YouTube, aproveita e coloca um link pra ele no LAYOUT NOVO =DDD

-O que vem a ser o BCE?

-Ah, e claro, menção especial pro Seu Kemps, Parabéns Aê pelo Campeonato!

Abraço galera, e até mais!

ps: mal pela qualidade da foto da carteira, mas eu tive que tirar na tora que a máquina tava sem bateria....

terça-feira, outubro 17, 2006

posts perdidos

Slave 4 u

...ou "Slave for you" para os mais exigentes. Sim, eh aquela musica da ex-gostosa-bagarai Britney Spears. Nao, nao estou colocando isso como palavra-chave pro google redirecionar os perdidos pro meu blog, se bem que seria ateh divertido (a minha vez de zoar os nerds e me vingar de links dos sites de busca que nao levam a nenhuma pagina de fot... quem entende, entende).

Mas entao, me bateu uma sensacao de ser a Britney Spears no clipe dessa musica enquanto esperava o trem 11h da noite pra voltar: estacao lotada, nego tudo colado um no outro, grudento(nao somente eu) do suor de um dia a 30+graus celcius e uns 25+ a noite (chutaria mais de 30 na estacao). Nao foi legal, e nao tinha/tem nenhuma gostosa/gata do meu lado.



Natalidade Baixa?

hehehe, soh pra constar:
se o indice de natalidade japones eh de zero virgula alguma coisa, ou seja, menos de um filho por casal, o cara q eu vi hoje no trem quer ajudar a aumentar isso. Um bebe de colo, um no carrinho e outros dois tocando o zaralho no vagao cheio de velhos. Valeu japa! Tah quase lah pra fazer um time de beisebol!



Voltando a atualidade, e respondendo os comments do outro post:

Leo, sério, foi palha depois de 1 ano e meio sem dirigir pegar um carro manual de mão inglesa, não ter tempo nem de acostumar e ter que fazer uma prova onde um mínimo erro te reprova, e de duração de aproximadamente 7min. Na primeira eu fiz uma chicane lerda demais (porra, imaginem algo como um S, com a largura exata do carro. aonde que eu tinha noção espacial suficiente pra ir mais rapido?) e numa hora lá que era pra ir mais rápido eu acabei não indo tão rápido. Em resumo, rodei na primeira por ser lerdo. Na segunda tava chovendo, mas como já tinha voltado um pouco da habilidade, acabei rodando por ser rápido demais (sem contar o fato que na chicane supra-citada eu subi no meio-fio com a roda traseira esquerda, o que é considerado um erro eliminatório). Acontece, mas eu continuo tentando, creio que este mes eu tiro =PPP

Alê, vocês vão na louca mesmo? Que massa! Manda o resultado da festa depois! Dos erros de português, me fala pra eu corrigir, não tem ninguém pra me corrigir por aqui, logo, está indo pro saco minha habilidade... E a Fifa atualizou já, dia 4 de Novembro é a nova série de vendas, tá rolando uma série de vendas de ingressos randômicos agora, mas pelo que eu entendi não vale muito a pena pra nós.

Vinnicius, o que foi a semana do saco cheio? Heuheuhe, acho que só eu pra aproveitar sem beber mesmo, não tem jeito...

segunda-feira, outubro 16, 2006

atualizacao

entao, okay, eu fiquei uma cara sem atualizar, foi mal mesmo.
da viagem, fechamos ateh odawara, completando 300 km em 6 dias.
depois fui de cara pro fuji rock festival. segue o que eu escrevi no celular no dia. fotos, vou ficar devendo, que eu to no colegio agora, e quero atualizar mais rapido

Fuji Rock Festival

11:37- "parada ateh as 12:10" disse o motora. Caralho, que que eu vo fazer em 30min?

1:56- "sairemos as 5:00". parada de 3h??? nego eh loco... "aproveitei" pra dormir MAIS um pouco no bau, curtir mais uma definicao de "japanese size"

10:40- comecou o primeiro show fazem uns 20min, uma banda bosta japonesa. Red Hot soh as 9:30 da noite e jah tem uma galera acampada onde eles vao tocar. Espero q eu consiga me entreter ateh lah q tah mei nerd o inicio aqui...

11:43- dei uma dormida e acordei com um tal de Wolfmother tocando, tava massa, banda gringa, claro. comi um dog na barraca duns gringos

13:36- de almoco mandei um burger que demorou 20min pra comprar, 15 pra receber e 5 pra comer. Consegui pegar o meio do show do The Rifles, banda inglesa q agitou geral.

14:21- saih do lugar do show e fui ateh o fim da cidade procurando uma combini e nada. to voltando pra ver se pego The Hive ainda (parece ser bom, tem geral com a camisa deles). Ah, o numero de pessogs que vem/vieram asssistir o dia de hoje eh 45.000.

T minus 1:30 (20:00) - The Hives agitou, mas uma chuva palha me empediu de escrever e tirar fotos. a cagada foi q comprei uma capa de chuva pra me prevenir exatos 5s antes de chover. Teve tambem um show do Junior Senior que agitou geral, ainda mais por ser na parte coberta. Pensei em ir agora pegar lugar pro RHCP mas um tal de 電気グルーヴ (denki groove) juntou todo mundo lah. Vo aproveitar agora pra fazer a manutencao vital (comida/bebida/banheiro) e ficar de butuca o resto do tempo por um lugar bom...

20:30- denki groove-fuji-san . Fuji san eh como eles chamam O Monte Fuji. Hehuehue, cheguei bem na hora que os caras do denki groove tavam mandando essa musica, nao era tao ruim, nem fenomenalmente boa, mas o apice eh que o "vocalista" (eh uma banda de musica eletronica), no refrao, andava de um lado pro outro com uma fantasia de monte fuji soltando gelo seco pra cima e falando "fuji san, fuji san..." e nao lembro mais o que era. Ao menos deu pra divertir, nao lembro se tenho foto disso...

21:30- Red Hot in the house! De fato, como o Diogo falou, estavam com a mesma roupa da apresentacao que fizeram na tv japonesa no dia anterior. Vamo ver o que rola!

23:xx- ROOOXXX! Show ducaralho!!! Musicas do Californication, By the Way e Stadium Arcadium. E, claro, Give it Away pra fechar. Rolou tambem uma especial do Flea com "if you happy and you know it clap your hands" e do Frusciante com "How deep is your love"(salvo engano). A chuva anterior somada ao geral agitado pelo Red Hot criaram uma lama cabulosa que, sabe Deus, como chegou quase ateh meu joelho. Agora eu entendi porque que tinha um geral que estava com camisas tipo "fuji rock 2005" ou anterior e de botas de chuva de construcao, daquelas bem baratas de jogar fora depois... (nota atual : ainda nao lavei minha calca, tenho que levar na lavanderia mas esqueci, tah com a lama desde aquele dia...)

A volta foi trash, meu tenis molhado, mais umas paradas longas, uma larica felomenal. Chegar de voltar em toquio com a calca e o tenis naquele naipe e ainda pegar os trens foi, no minimo, engracado. Desmaiei em casa.

O resto das ferias, resumido:

--Aulas de verao -wireless. um prejuizo de tempo, mas tudo bem.
--Viagem pra osaka - fui prum "campo de ingles" pra uma molecada do ensino fundamental, o mesmo que eu fui ano passado, desta vez com o Leopardo junto, foi massa. de quebrada vimos os fogos de artificio do rio Yodo, mais uma vez, e fomos no lendario Sam&Dave.
--Trampo, trampo e mais trampo -devo ter feito, sem saca, mais de 3000 sanduiches e fritado mais de uns 100kg de batata, mas compensou minha ausencia e me rendeu um cash massa
--Augusto na area! -um brother do Diogo veio do Brasil visitar geral, figura, gente boa demais!
--Monte Fuji -Subimos o Monte Fuji, exatamente no dia apos a chegada do Augusto. Fizemos um acordo de subir de bermuda. Que imbecilidade, considerando que estava uns 5 graus lah em cima, a mais de 3500m de altitude. Chegamos perto da morte e nos exaurimos com forca, mas a experiencia foi ducaralho!
--Viagem do SSC -ducaralho tambem! Foi massa passar 3 dias com os japas em Nagano, demos um roleh por lah, ficamos na pousada que nego fica no inverno tambem (tradicao do clube), rolaram uns campeonatinhos de esportes e umas biritadas. Nao, eu nao bebo alcool, mas me divirto tanto quanto nego que bebe...

Voltando as aulas:

Marasmo, trampo, provas de fim de semestre (sim, o primeiro semestre acaba 1 mes depois das ferias de verao), as quais nao fui tao ruim, mas uma materia que eu mando muito bem fiquei com 72 de media, gracas a um 60 na ultima prova que eu nao sei de onde veio, jah que o fessor nao quis mostrar a prova. Tirando Circuitos Digitais e Introducao a Eletronica (98 nas duas), as outras to esperando a nota ainda, acho que chega nesta semana. Fiz prova de direcao, rodei duas vezes, mas depois eu explico isso melhor, nao eh soh por ser zela nao... Nao tenho carteira ainda, mas esta quinta vem a minha 3a tentativa.
Estamos no outono, gracas ao nosos bom Deus a moda das saias e botas estah de volta, estah fresco jah, de noite um casaco jah comeca a ser necessario. Comprei meu SnowBoard! Planos sao de usar ele bagarai...

E estou atualizado, tah grande, sem fotos, mas tah ae. Acho que eu deixei de contar muita coisa, mas isso fica pra um dia que eu sentar com voces pra tomar um chimarrao e ficar falando bobagem...

Aquele abraco galera, amanha tem um post pronto jah, se eu conseguir lembrar de postar... Eh um post com duas passagens que era pra eu ter colocado no blog faz uma cara, mas ficou no meu cel e eu nao passei pra frente.

sábado, setembro 09, 2006

Dia 4 - Praias e Pedras





Finalmente, nosso merecido descanso. Depois de 3 dias de viagem (2 de pedal) debaixo de chuva e ralando no relevo pouco amistoso da costa oeste da península de Izu, acordar numa praia com um sol bonito e um vento refrescante foi uma boa demonstração de "Recompensa Divina".Gastamos nossa manhã/início de tarde aproveitando uma das mais belas praias da província, arrozando umas minas de (pasmem) Tóquio, consequentemente tomando toco em seguida, e curtindo a praia. Só pra não dizer que foi um dia nulo, pedalamos uns 20-30km até Shimoda. Vimos uma galera da comunidade treinando pra um festival que iria rolar em breve, e quando fomos à Koban perguntar onde rolava de armar a barraca, nos surpreendemos com o estabelecimento vazio e (pasmem take II) uma placa dizendo "em caso de precisar de ajuda, use este telefone e diga que está na Koban Central". Fomos desta vez à Delegacia Central (a qual pertencia o número telefônico da placa) e nos apontaram um parque, beira-mar também. Montamos a barraca, e fomos dormir. Porém, o desenrolar desta noite eu tenho que contar com mais detalhes:

01:20AM - estou em um hotel, deitado pelado numa cama, sozinho. A comida é muito boa, a cama, uma das mais macias que já havia deitado. Não acreditava que estava tendo tão sonhado e merecido descanso depois de dar o sangue na bike. Em meio a restrospectiva do que havia rolado nos outros dias, sinto algo tremendo. Não, vibrando. E no bolso da minha perna direita. Que bolso??? Que hotel? Meu celular, dentro da barraca, estava tocando. Não acreditava nisso, quem foi o espírito de porco que me ligou de madrugada? Ao abrir o celular para conferir quem havia me ligado, depois do olho se acostumar com a ofuscada, vi que não havia apenas uma ligação, mas 3. Do Diogo, que estava na barraca ao lado. Liguei:
-E ae, de qual foi?
-Paulo, tão jogando pedra na gente!
-Leke, delira não...
-É sério, tem uns moleques lá fora, dei uma iluminada com a lanterna agora e eles vazaram.
-Sério?
-Sério, sai aê!
-Tu não tá pedindo isso, né?
- (...)
Saí. De fato, não havia mais ninguém, o que me fez questionar o limite de realidade e sonho na cabeça do Diogo. Conferido a "segurança", fui dormir de novo.
02:33AM - ...e acabava de chegar na Caixa Economica Federal pra pegar uma maleta com as inscrições "Parabéns! Prêmio récorde da Mega-Sena" já com planos de, por ter, desta vez (devido à improbabilidade elevada do fato), plena consiência de ser um sonho, comprar carros e casas e fazer viagens quando o alarme anti-roubo da agência VIBRA.Acordei. Atendi:
-Fala Diogo, quanto tempo!
-Paulo, sai da barraca agora, nego tá tacando pedra de novo...
Munido de uma ira colossal de estar sendo atacado em plena noite de descanço numa cidade relativamente do interior por um grupo de desocupados, de minha lanterna e de meu canivete novo da Victory Inox (nunca se sabe...), calcei a sandália e saí. Vi um grupo de uns 5 pré-adolecentes à uma distância de, pelo menos, 20m, saírem correndo com uma velocidade fenomenal. Creio que eles não sabiam que ainda estava nocauteado e ter sido acordado, mas com a ira que eu tava, se eu pegasse o coitado que voltou pra pegar a bicicleta que havia esquecido, ele iria ser o Judas do grupo.Gastamos mais 1h patrulhando a área onde eles correram, e outras áreas próxmas, quando finalmente decidimos dormir com o sol dando caras de que iria nascer.,

Galera, paro por aqui que já ficou grande. Amanhã os últimos dois dias, e daí Fuji Rock Festival.
No mais, tô bem. Hoje fui andar de skate depois de 2 meses de molho e senti o peso da falta de prática. Mas isso não importa, o que importa é que bateu um sono monstro e tô vazando.

Falou galerosa! Até amanhã, se pah...

quinta-feira, setembro 07, 2006

Dias 2 e 3



Sair do camping de manhã foi massa, pegamos um corta-caminho no mato ferrenho, tem até uns vídeos disso, se pá eu publico depois, mas não garanto nada. Achando que tinha acabado o sofrimento só por ter subido um monte pra ir ao campo, acabamos descobrindo porquê que a parte oeste da península é a mais demorada. Mas garanto a vocês, o sofrimento se pagou, vimos muitas paisagens ducaraio, mesmo estando com um tempo que oscilava entre nublado e chovendo (o que não foi de todos ruim, o sol não nos torrou nas subidas). Neste segundo dia dormimos numa pousada, contamos uma história triste pra tia lá e ela fez baratão pra nós, arrumou um canto pra pendurarmos nossas barracas que estavam molhadas da noite anterior ainda e ainda deu mó suporte. Vamos mandar um postal pra ela ainda, ou o cartão de "feliz ano novo", uma das culturas do Japão.



O terceiro dia foi classificado como um rush para acabar logo o martírio. Em um restaurante no pico duma montanha (incrivelmente ficava em uma ladeira de, sem brincadeira, pelo menos 45º) descobrimos uma praia na parte sudoeste de Izu (o nome da península), Yumigahama. Chegamos literalmente no apagar das luzes lá, mas antes demos uma parada no ponto mais ao sul da península, onde rolou uma SS que deixamos as bagagens escondidas num mato e corremos de bike morro acima, aproveitando pra desestressar as pernas. Sem fotos do lugar, é um "must go" pra quem quiser ir, e fica reservada a surpresa da paisagem. Na cidade, mais uma vez estávamos na eterna procura de um lugar pra dormir. Achamos um Family Mart (a única conbini que existia na parte central da cidade) que deixamos de base. Lá por acaso conhecemos uns japas que tavam de quebrada lá também, só que de carro. Resolvemos ir até os policiais perguntar onde rolava de montar barraca. Surpreendentemente chegamos na Koban (eles traduzem isso como "Police Box", é uma mini-delegacia onde geralmente ficam uns 2-5 cops) e estava rolando um fight lá. Os protagonistas eram um dos cops na mão e um dos japas que havíamos conhecido na conbini com um bastão. Minutos depois descobrimos que era uma exibição das tecnicas de defesa pessoal do policial. Os caras nos recomendaram dormir na praia ao lado, onde não tinha muito movimento, uma vez que era proibido armar barraca nas praias em si. Sem questionar, fomos a praia do lado e montamos a barraca.

Po galera, vou atrasar mais o roteiro senão vai ficar muito sem fotos e muito grande cada post, apesar de eu estar resumindo ao máximo, mas tem coisas que eu queria contar e dá nisso...
Creio que amanhã vão mais 2-3 dias e depois acaba, e encaixa o roteiro que eu propus dois posts atrás. Tudo isso pensando em você, leitor fiel, pra não ficar muito pesado. Mal a defasagem, mas em breve vai atualizar.

E pra galera que pretende ser legal, não se esqueçam do meu niver dia 17 deste mês, se mandar algo via correio agora dá pra chegar em tempo (não, não mandem de barco senão vou receber o presente só ano que vem, sem sacanagem). Aceito qualquer coisa, desde carta, cartão postal, biscoito Bono, Maria, leite condensado, uma passagem pro Brasil, enfim, o que quiserem mandar, aceito feliz!

Abraço galera, e até amanhã!

Info

Roteiro atrasado em pelo menos um dia, impraticável escrever hoje, amanhã é mais possível. Mal aê galerosa, mas não esqueci de vocês!

Grande abraço

Kemper "Blade"

quarta-feira, setembro 06, 2006

Sem mais balelas!

Ok fãs, simpatizantes da causa e pessoas ao acaso que vem ao meu blog. Agora que estou em aulas de novo, creio que arrumo a rotina das férias.

O esquema vai ser o seguinte:
Hoje - Dia 0 e Dia 1 da Viagem de bike por Shizuoka
Amanhã (se possível) - O resto da viagem (resumoso)
Quinta - Curso de Verão
Sexta - Fuji Rock (já tá quase todo escrito)
Sábado - Viagem a Hyogo/Osaka/Kyoto*
Domingo - Trabalho Escravo
Segunda - Viagem do Fuji (o monte mais famoso do Japão)

e por aí vai, tem mais coisa depois mas fica de surpresa. Prometo (sério, do fundo do coração essa) que se eu não voltar massacrado do trampo nesses dias eu escrevo, vou tentar MESMO ser fiel. Espalhe para todos seus amiguinhos, PKF está de volta, não mais como "Amarelinha ", mas sim como "Blade" agora(explico essa depois, vou mudar o título do meu blog e a intro também com a explicação)!

Dia 0

Comecou como um dia normal: o Diogo foi pro colegio, e eu pro trampo. A diferenca foi que eu estava levando um monte de bagagem pra deixar num locker(armario publico) visando facilitar a ida mais a noite. Fim do trampo, volto correndo em vista que, como todo ultimo dia antes de alguma viagem, faltavam trocentas coisas pra fazer ainda. Ultima parada na farmacia pra comprar repelente, protetor solar e fazer um kit de primeiros socorros, soca tudo na mala do Diogo, pega as malas-bikes e comeca a romaria. Serio, tava tenso carregar as bikes, primeira viagem que eu tive que andar centenas de metros com a bike semi-desmontada pendurada no ombro, e ela nao tava bem ajustada. Chegamos em Shinjuku (depois de algumas caminhadas e varios lances de escada), pra variar, quase sem tempo de sobra pra pegar o busao, e isso sem saber onde pegava o busao, e eu ainda tinha q pegar as paradas no locker. De boa, rolou uma sorte monstra de irmos de cara no lugar certo e de eu conseguir voltar com
os bagulhos bem na hora de colocar as bagagens no onibus. Sentamos e aproveitamos a pequena folga.
2h depois chegamos em Gotemba. Isso jah era meio tarde, mas tinhamos que montar as bikes antes de achar um lugar pra dormir. Nao obstante a falta de tempo e um principio de chuva, ainda tivemos um problema montando as bikes: meu freio dianteiro tava pegando e o dianteiro do Diogo tava foda. A solucao tosca foi desabilitar o freio dele pra poder andar e no dia seguinte ver o que rolava de fazer. Ah, neste momento rolou a lembranca q nosso mapa tava bonitinho ainda dentro do saquinho em cima da mesa da sala. Rodamos duas combinis perguntando lugar pra dormir e procurando caixa eletronico, jah que estavamos sem um puto. A recomendacao que nos deram era de dormir num parque. Tah, temos barraca pra isso, vamo procurar um lugar entao, jah que no nosso novo mapa o camping mais proximo era longe, tava escuro e choviscando. Paramos num parque doidao, a meta era acordar cedo e desmontar campo antes do grosso da galera vir passear com os filhos ou com os cachorros ou soh passear mesmo.
Montamos as barracas, bikes pra dentro e apagar. A chuva era, por extrema manobra de bondade do destino, quase inexistente.


Dia 1.1 - "Tudo que desce tem que subir"

Nao vou dizer que dormi bem, jah que qualquer barulho do lado de fora eu acordava, mas tambem nao vou dizer que dormi mal, jah que o interior da barraca ainda estava seco. Levantei, tirei a bike, re-montei ela e comecei a desmontar a barraca enquanto o meu brother ainda brigava contra o resultado de seu senso de organizacao apuradissimo. Conseguimos fechar o equipamento (ainda com alguns problemas no freio do Diogo) no momento que a galera da 3a idade comecava a vir fazer sua caminhada matinal. Pra onde ir? Tem q rolar o cafeh ainda, os suprimentos pra viagem, arrumar o freio e avancar ainda. A ideia foi ir pra estacao, de novo, o mesmo ponto que saimos ontem, pra ficar mais facil de se orientar. Depois de uma meia hora, desistimos do freio (tava funfando mas algo ainda pegava na roda), rangamos num McDonalds (menu do cafeh da manha) recarregamos numa combini e fomos pra estrada.

Dia 1.2 - (começo da parte resumida)

Descemos alguns bons kilometros até Numatsu, e seguimos rumando à Península de Izu, nosso objetivo primário. Paramos no "pescoço" da península pra rangar um macarrão com ostras que, incrivelmente, tava bom. Agora no nível do mar, pegamos bastante terreno plano até quase o final da borda noroeste da península, onde nos tocamos que havíamos passado da entrada pro camping. Sério, achávamos que o camping era perto, mas subimos uns 1000 metros verticais numa pista tortuosa e extremamente úmida dentro da floresta do morro, que somou uns 5km até acharmos uma pessoa que nos informou que, mais uma vez, havíamos errado a entrada. Tivemos que voltar uns 2 km pra entrar numa estrada de terra pedreira de mais 2km. Subindo. No caminho passou um carro que foi mó brother, informou o caminho e se ofereceu pra levar a bagagem, mas acabamos negando. Chegamos no camping, o dono do lugar incrédulo que havíamos ido até lá desde Gotemba, com bagagens, uma vez que o lugar era um AUTO Camping (pra nego de carro) e pelo terreno acidentado não era muito popular entre os ciclistas. O tio fez um desconto brother, re-encontramos nego do carro, que fez uma macarronada massa pra nós enquanto fui na cidade com o filho do dono, desta vez de "carro" (uma towner de 2 lugares, a parte onde era pra ser os passageiros é uma carreta. e era 4x4). Descobri que o bixo era meio psico e fui pilhando ele até me mostrar as habilidades de rally com a pobrezinha. Macarronada, banho e dormir. Choveu de noite.

quinta-feira, agosto 10, 2006

Por mais incrível que pareça...

(só pra lembrar, vejam os post DEPOIS deste)

...não morri, e como se pode notar pela acentuação presente (não sempre correta, mas agora presente) estou digitando do meu próprio computador, o que só pode significar que, apesar de um milhão de tocos e tentativas e dias sem net agora possuímos ligação com o mundo virtual.

Tá, eu tenho que escrever/postar sobre a viagem de 300km rodando a península de Izo, provínica de Shizuoka, onde (também) fica o Monte Fuji e não tão longe assim de Tóquio, porém beeeeem diferente, minha ida à província de Niigata para a 10ª edição do Fuji Rock Festival (que apesar do nome não é nem perto do Fuji) , da minha ida a Osaka (infelizmente não tirei fotos, mas dá pra relatar) e duma reunião com uns brazucas aqui em casa.

Falarei com mais detalhes depois, mas só deixar um agradecimento à galera que veio até o fim do mundo para o Go-maru-go, um abraço pra vocês ae! Fê, Drebes, o-cara-com-a-camisa-do-Brasil (mal ae bro, infelizmente não peguei teu nome) que são da área, e um abraço especial pra Bianca e o Koji que vieram lá de Kansai, e uma menção especial pra este último nome, figuraça, prazer em te conhecer ae irmão!

É isso aê, vou tentar postar dois dias por dia EMBAIXO DESTE pra ficar certo cronologicamente, e pra não ficar tão pesado de ler. Se eu furar algum dia, mal aê, mas agora vou entrar numa maratona no trampo, em busca das especializações, níveis expert (o que me garantem um salário melhor, nao muita coisa mais melhor) e uma aloprada pra compensar o tempo de férias e me preparar pra o inverno, esperando o geral que vem bater os dentes junto.

Abraço a todos, vou tentar ser mais responsável com net em casa, mas não garanto nada... =P

Quem me pegar online, pode abrir chat (se for má hora eu falo)

Fui!

segunda-feira, julho 10, 2006

SUSHI!

Nota do PKF: meu blog estah parecendo programa de culinaria. Nao sei por que, mas creio que ultimamente as aventuras na cozinha sao as coisas mais divertidas que tenho feito. A esperanca eh o periodode Ferias de Verao, onde creio que eu vah ter coisas diferentes pra contar. Vou ver tambem se consigo reparar mais as merdas que eu tenho feito na minha rotina pra reportar aqui...
Segunda Nota do PKF: eu ia postar ontem, escrevi tudo ontem, mas o server do colegio tava de mal humor. Venci ele agora, estao aih com as fotos!

Entao, a pedidos dos fas, aprendi a fazer sushi. Agradecimento especial ao Claus, que nao satisfeito em ensinar a "receita", veio aqui em casa fazer o sushi, e a Mariana... ops, Marilia!, que veio aprender tambem! Participacao tambem do Corvo, na aula de "trabalhos manuais".

Tudo comecou com eu me deslocando ateh Takadanobaba para encontrar os dois (Claus e Marian... MARILIA!). Por causa da arrumacao que estava fazendo em casa, perdi o trem que iria chegar no horario. Mandei um mail avisando "vou chegar 10min atrasado", paguei um ronca no trem, cheguei lah, ninguem. "E ae, onde estao?" "Me dah mais 15min que eu chego". Bele, pelo menos nao saih de atrasado!

Parada basica no mercado pra comprar os ingredientes e tomamos um pau pra achar a "wasabi", ou "raiz forte" pra quem preferir. E depois que achamos numa secao mocada, chegamos a conclusao (e comprovamos depois, duh) que tinha algumas proximo dos peixes para sushi. "O obvio eh dificil de ver", dizem.

Ao caminho de casa, mais uma parada, desta vez no game center, pra tirar purikura. Nao vou postar as purikuras, se os outros dois postarem (o blog do Claus tah nos links aqui do lado) peguem deles, ou entao fica pra quem vier ateh aqui e ver minha agenda. Nao tenho scanner, sabe-se lah onde tah minha digital e falta forca de vontade. Mas como esse post jah tem altas fotos, compensa! (se bem que as purikuras tem a moral de ser comedia...)

Ok, hora de comecar. Pega arroz, poe na 炊飯器 (sui han ki - a panela de fazer arroz eletrica, extremamente mao-na-roda) e senta pra jogar conversa fora. Nosso AACCI (Acessor de Assuntos Culturais e de Cultura Inutil, a.k.a. Claus) nos ensinou uns 3 jogos-que-japas-jogam, dois com baralho e um parecido com purrinha. Mal galera, se eu for descrever como funfa, ou eu vou escrever bagarai ou nao vai ser compreensivel.

Passado o tempo do arroz, comecou a aula de trabalhos manuais: pega o arroz com uma colher, poe na mao molhada, faz as bolinhas (ou "charutinhos", se preferirem. ou ainda "forma de balao de zeppelin"), passa wasabi pra "colar" o peixe, enrola com nori (a alga) e tah feito. Tentei fazer o do arroz enrolado na nori (ao inves dos charutos), mas a nori era pequena demais, ficou trash. Comestivel, mas trash. Ah, antes que eu me esqueca:

Definicao Basica:
Sashimi: peixe cru (peixe cru -> boca)
Sushi: arroz enrolado com peixe cru (arroz->peixe cru->boca)

Depois de duas tentativas mais ou menos mal-sucedidas (no sentido de ficar apresentavel), Claus saiu do "sushi" pro "sashimi com arroz". A diferenca eh a ordem com que se faz as coisas (peixe cru & arroz ->boca), mas o gosto eh o mesmo. Enquanto comiamos o sushi, descobrimos o porque da traducao "raiz forte", e que, se for usar de cola, nao alopra. Mas deu pra curtir o "rango".

Ok, sushi, deu pra dar o gosto na boca, mas falta algo ainda, as bolinhas de arroz nao deram conta de amansar o dragaozinho. Como jah estavamos de fazer um outro bolo, fomos experimentar uma receita que Dona Sandra fez o favor de mandar, de um bolo misto (baunilia e chocolate), que nao aparentava ser muito dificil.

Geral pra cozinha, comecamos a fazer a receita. No meio estava escrito "adicione o leite a massa". Bele, pega o leite, mede o leite... perae, tah faltando a medida de leite na receita! Vai eu passar o fio pro Brasil, diretamente para a fonte da receita, pra sanar a duvida. Superados os problemas, poe pra assar no power-forninho-eletrico e em 15min temos o resultado: mais um sucesso culinario do/no Go-Maru-Go (505)! Nao sei por que teve uma parte do chocolate que nao assou, mas virou uma especie de brigadeiro! Rolou tambem um milk-shake de laranja e um batido de baunilha (tah quente!) pra acompanhar. No final, os convidados tiveram que ir embora por causa do horario, e acabou sobrando um bolo no forno, que estava assando...

Entao, eh isso ae! Vitoria no sushi e no bolo, mais pontos na conta! Brigadao mesmo pra geral que se deslocou ateh o buraco em que eu me escondo pra fazer a farra, valeu a pena mesmo! E o segundo bolo ficou duca! Fica aih um convite pra proxima experiencia, que ainda nao sei qual vai ser. Pao, talvez? serah que eu consigo? Dona Sandra, passa a receita de pao do X-tudo ae, ou daquele pao de leite condensado, tento os dois!

Abraco galera, e ateh a proxima!


(o server aqui do colegio bloqueou o upload das fotos, vou consertar assim que possivel e botar as fotos, mal ae)

sexta-feira, julho 07, 2006

Tamanho...

Estava eu, um dia saindo do meu horario no trampo, ao entrar no escritorio vejo um de meus colegas de trabalho com um laptop de umas 10" ou menos. Quando lhe questionei qual a razao de se ter um computador de tamanho TAO reduzido, ele me respondeu: "it`s ok, japanese size!". Ele ficou intrigado com minha serie de risos de 2min...

Entao galera, nada de mais pra contar, quer dizer, as ferias tao chegando, devo viajar pra caralho (se tudo der certo), dentre as viagens temos uma passagem por perto do Monte Fuji, seguida de uns 200+ km de bike pela provincia de Shizuoka, curtir umas praias e tal. Voltando devo seguir rumo ao Fuji Rock Festival, provincia de Niigata, pra curtir o Red Hot Chili Peppers e alguma outra banda oreia que tocar no dia. Depois disso tem um pulo na provincia de Hyogo, onde vou mais uma vez participar de um campo de ingles para criancas, e de lah quebro pra Osaka ver uma galera das antigas. Um periodo de marasmo no meio (ou nem tanto, devo trampar e um bro do Diogo disse que vai cair aih, pode ser que tenham viagens relampago) e no final das ferias tem uma viagem para Nagano na aba da galera do SSC (SnowSports Club), mas para curtir um verao por lah, nao temos neve ainda. Esse eh o plano para o meu imenso periodo de 40 dias de ferias!

Falando em Red Hot, caracas, comprei o novo album. Digo que valeu a pena, tah que foram 30 doletas mas eh um CD duplo, cada um com 14 musicas, totalizando por volta de 2h de faixas novas. Foda-se quem vier falando "eu sou mais baixar", paguei e to feliz de ter comprado. E aproveitando a onda faturei um dvd do "Snatch - Porcos e Diamantes" para integrar a gama de filmes do Go-Maru-Go, este a 15.

De extra, soh deixar registrado (se nao falei antes) que, se eu tivesse que escolher agora o "eletrodomestico do verao", os ventiladores e o liquidificador ficariam pau a pau, mas talvez eu cairia pro lado do liquidificador, uma vez que se abrir as janelas dos dois lados da casa rola corrente de vento, mas nao tem como substituir o poder de misturar gelo, leite e mais alguma coisa em menos de 30s e formar uma bebida densa e refrescante. Jah entrou como compra padrao um pote de sorvete variado na combini pra fazer um shake noturno, que ajuda a amenizar os "singelos" 25+ graus que estah fazendo de noite. Somando temperatura com a quantidade de exercicios que tenho feito ultimamente, minha media de ingestao de liquidos por dia estah passando facil dos 3 litros, com metade ou mais soh de agua. Nao tenho como informar meu peso atual, tampouco o percentual de gordura, mas estimos estar entre os 70kg (e abaixando) e menos de 18% de gordura (tambem abaixando). Queria poder medir antes e depois das ferias...

E uma ultima mencao, desta vez quanto a Copa do Mundo 2006(perdao quanto a linguagem de baixo calao, mas nao existe outra forma de expressar minha indignacao):

Eu quero mais eh que todo mundo se foda! Todos os times que eu torci rodaram (Brasil, Japao, Alemanha e Portugal), e eu queria MESMO que a Franca ganhasse pros italianos tomarem no cu e continuarem com 2 titulos atras do Brasil e paraem de se achar tanto, mas eu sei que os malditos vao faturar a bagaca, soh resta esperar um milagre mesmo... E Portugal de 3o ia ser massa tambem, o que eu tambem acho meio improvavel, mas o Felipao eh a ultima esperanca de ter um brasileiro do Top3. Que venca o mais cagado...

Ok, respondendo os komments:

Galerosa das receitas (nop tambem), valeu ae pelo help. Vou tentar fazer as que tiverem no meu alcance (no caso a do nop tah fora do alcance, falta de ingredientes, mal ae), passo o feedback depois.

Sushi? Sei lah, tenho que arrumar uma maneira de aprender, as mulheres de hoje nao cozinham mais, quem poderah me ensinar? Nao, nao viso aprender por livros...

E dum post anterior: Leo, em teoria teu postal era pra ter chegado lah em casa jah, confere por fone primeiro... E Note & Anote era massa, Louro Jose comandava!

Falou galera!

segunda-feira, julho 03, 2006

Momento Brasil:

Estou indo na combini, comprar algo pra comer antes do trampo, quando vejo umas 4 cabecas saindo do Outback Steakhouse Shibuya com camisas verde e amarelas, conversando em portugues. Nao obstante a nostalgia de escutar uma conversa na lingua mae em pleno dia de calor (por volta de 30) em um ponto da cidade q mais parece uma W3 sul, me sai da esquina uma tia com aquela cara de...(desculpem-me o termo, mas nao achei nenhum que de definisse melhor sem parecer preconceito) cara de tia da Ceilandia que chegou ateh a dar pala na cabeca. Soh faltava os pivetes e os flanelinhas q eu ia dizer: voltei a Brasilia!

Falando em Brasil, ee timinho, hein? Assisti o primeiro tempo ateh os 35, dormi, acordei soh nos 25 do segundo com o Brasil levando de 1. Primeira coisa que me veio: QUE PORRA EH ESSA? Nao foi agradavel acordar com a Selecao perdendo, mas mereceu. Anyway, saimos depois da Argentina (tah que na mesma fase, mas depois), entao nao tem problema! Agora to torcendo pro ultimo brazuca que sobrou na copa, Tio Felipao, e pros donos da casa que eu tenho mais simpatia que os italianos. Vamos ver o que dah!


Ah, foto do terceiro bolo, o com chocolate, momentos antes de murchar



Respondendo aos comments:

Hehehe, chegando aqui provavelmente nos jah devemos estar bons em bolo, mas qualquer coisa eh aceita. A proposito, Dona Sandra mandou uma receitosa ae que vai rolar de testar, se pah hoje mesmo. Soh pra constar, jah temos liquidificador, que estah se provando bastante util na confeccao de vitaminas, milk shakes e bebidas do genero, algo gelado e denso pra aliviar os 25+ graus que tah rolando de noite. Fiquem a vontade!

Claus meu kirido, hehehe, mal mesmo por nao ter chamado. Era meia-noite, aqui no cu do mundo, mas 申し訳ございません, ne? Este domingo agora, se quiser cair aqui no lado oposto de Tokyo esteja bem-vindo, soh confirma a hora que tu vai vir que deve rolar um pedal com o Diogo.

terça-feira, junho 27, 2006

Mais cozinha! (parte I)

Entao, vou tentar escrever o que der antes de que eu tenha que zunir pra aula do tio Suzuki, logo, espero conseguir acabar...

Como dito a algum tempo atras, agora temos cozinha. E estamos cozinhando! (nao, nao tem relacao nenhuma "ter uma cozinha" e "estar cozinhando", mas ajuda ter uma cozinha) E como dito anteriormente, estamos aos poucos nos adentrando no mundo da culinaria. Como recebemos a bolsa sexta feira passada, resolvemos fazer umas compras pra reabastecer a casa e, como de sempre, fomos ao 100en pra checar algumas coisas e voltamos com muito mais do que haviamos planejado. Os itens novos desta vez foram:

do 100en veio:
-Formas
-Separador de gema de ovo
-Bacias (vem cah, esqueci se eh bacia mesmo que fala, aqueles bagulhos de inox que sao em forma semi-esferica que se usa pra cozinhar, em ingles: bowl)
-Desert Selection vol.1

e do mercado veio:
-farinha de trigo (foi trash achar)
-fermento quimico (igualmente trash)
-essencia de baunilha

os outros ingredientes nos tinhamos.
O tempo tah acabando, vai ficar pra parte II, prometo que posto debaixo deste

Mais Cozinha! (parte II - final)

Resolvemos fazer o bolo, mas nao sabiamos quando. Um dia, meia-noite, como estavamos de bobeira, resolvemos fazer a brincadeira. Serio, nao foi muito esperto pq alem do sono na hora, acumulou sono pro dia seguinte, mas dane-se, fizemos.

Agora imagina, dois cabacos na cozinha resolvendo fazer um Chiffon (nao sei como se escreve em letras humanas, soh em katakana). Como o Diogo eh mais cabaco que eu, e eu tive um pouco de experiencia gracaa as tardes a toa com a Dona Sandra ou naqueles dias que eu acompanhava Note e Anote ou Mais Voce, fiquei mais ou menos como em carga da operacao. Imagina que fantastico foi fazer uma receita sem balanca ou algo que possa medir a quantidade dos solidos, ou sem uma batedeira pra fazer "claras em neve" (talvez a classificacao seja, que nem o nome em japones, "merengue", uma vez que tinha acucar no meio). Do merengue saiu uma gororoba escrota, depois de mais ou menos 20min batendo o bagulho com a mao. A causa, ou eh falta de experiencia, ou eh falta de ferramentas (seja um batedor decente ou uma batedeira) ou o fato que meia gema caiu no meio das claras (sim, mesmo com o separador de gemas rolou uma goianada), mas que misturado com a outra gororoba amarela (gemas, farinha, fermento, baunilha, acucar, oleo e agua, medidas devidamente feitas no olhometro) ateh que saiu algo que prometia.

Hora de assar, dizia "num forno a 180 graus por 40min", mas era uma receita inteira, num forno convencional. Tinhamos um forno eletrico que tem timer ateh 15min e duas potencias (500W e 1000W) e um "forno" minusculo no nosso fogao a gas, o qual as chamas ficam em cima, tem um dial pra controlar a potencia do fogo mas nada de temperaturas. Como soh compramos duas formas pequenas, dividimos em 2 e deixamos 1 pra cada forno pra ver o que dava. O resto da receita (equivalente a mais uma forma) ia pro vencedor.

A 10 min no forno eletrico o bolo jah tava crescido, queimando um pouco (tava no 1000w, sabe-se lah quanto eh 180 graus!) e o outro sem sinal de vida. Paramos a 15 mesmo o do eletrico, o do convencional ficou lah pra ver se tinha futuro. O resultado do eletrico foi de longe melhor do que se poderia esperar de uma primeira tentativa fazendo tudo errado. Cresceu, assou, ficou bom. Matamos o bolo pra poder liberar a forma, adicionamos achocolatado (pra que mexer na que tah boa?) na receita e botamos fazer de novo. Desta vez cresceu mais ainda, tava mais bonito, passaram os 15min fomos tirar e o bolo deu AQUELA MURCHADA PALHA, ficando solado. Tava bom, mas solado. O do forno convencional abdicamos dele quando percebemos que a casca de cima estava carbonizada. E, por mais incrivel que pareca, debaixo ainda estava cru. Mas eu considero uma grande vitoria: um imprestavel (derrota), um solado mas gostoso (empate) e um aprovado (vitoria). Em espirito de copa do mundo, isso dah 4 pontos, mais do que o Japao fez no Grupo F, e se tirarmos o saldo de gols acho que dava pra passar a Australia tambem... Logo, vamos pra proxima fase!

Desta vez estamos nos preparando pra enfrentar o Chiffon de novo, lendo a receita com calma e escalando novos eletrodomesticos para compor nossa equipe. Hehehe, deixamos passar varias coisas na receita, porem devemos obter mais sucesso fazendo todos no forno eletrico, isso se nao comprarmos um forno maior.

Fica aqui o registro do nosso primeiro fracasso na cozinha: o bolo assado no forninho a gas, primeira "especiaria" que ninguem teve bolas de comer (tentamos).


E respondendo as perguntas:
Quanto a farinha: Po, fomos procurar a farinha do jeito que estava escrito no livro do 100en, tava em kanji e tal. Primeiro tivemos que descobrir a leitura pra poder perguntar, depois tentar achar, mas deu pra levar ateh.

Quanto ao separador de gema: Como o nome diz, serve pra separar a gema (duh). Do que, da clara! Sim, eh do ovo cru. Po, eu achei mais tranquilo usar o separador, nao eh nada sofisticado nao, eh como se fosse um anel de aluminio com uma chapa meio concava no meio do buraco que serve pra segurar a gema. O vao entre essa chapa concava e o anel permite que a clara passe, ficando beeeem mais tranquilo de separar, eh soh deixar a gravidade trabalhar!

Quanto a net: Serio, perdi as esperancas de ter net antes das ferias de verao jah, nego tah nos enrolando massa, estamos fazendo a n-esima ficha de registro jah, e os papeis de cancelar a de osaka nao deram sinal de vida (em teoria eu cancelei, mas por via das duvidas to deixando minha conta sem dinheiro, logo eles nao podem fazer debito em conta =D ). Ficamos na feh, irmaos, tenho saudades do MsN...

sexta-feira, junho 09, 2006

Cebola

Nao, o titulo de hoje nao tem nenhuma conotacao especial e/ou significado obscuro ou relacoes com outra coisa. Apenas a boa e velha cebola que usamos para cozinhar.
Entao, como jah havia mencionado antes, uma das grandes vantagens de ter seu proprio apartamento ao inves de morar em um dormitorio eh que se tem seu proprio banheiro, e tao importante quanto ter um banheiro, eh ter uma cozinha pra voce que esteja do lado do seu quarto. E com uma cozinha, finalmente passamos a "cozinhar". Entre aspas que eu nao tenho coragem de classificar o que eu faco como cozinhar, apesar de nao termos feito ateh hoje algo que esteja ruim ou intragavel, porem tambem nao fazemos nada de complexo. Nao ainda. Enquanto estamos nos familiarizando com os ingredientes, aprendendo a melhor forma de cortar-los e cozinhar-los, aos poucos vamos aumentando nossa gama de "coisas que podemos usar que nao vai cagar o rango". Nao que esteja entre ingredientes nivel de dificuldade 2 pra cima, mas cebola nao eh algo que usamos com tanta frequencia. Digo que nao usavamos muito cebola mais por nao comprar ou nao ter do que nao saber usar. E por que que estou fazendo um post sobre cebola? Primeiro, porque finalmente, depois de um periodo de escasseza de imagens, venho a colocar algo on-line que tem relacao com cebola.
Um dia desses fomos cortar cebola. Nao sei de que buraco do inferno o Colombia tirou essa cebola, mas eh uma mega-hiper-foderosamente forte no quesito "vapores lacrimogeneos". Segunda tentagiva, lembrei-me de uma lenda quanto a cortar cebolas poderosas, que consistia em encher a boca de agua e manda ver na faca. Salvo engano foi dona Sandra que me falou essa, mas como a maioria das cebolas que eu via no Brasil nao tinam mais a propriedade lacrimogenea, logo nunca tive chance de realmente testar. Nosso colega Dioguitz foi o cara que estava cortando enquanto eu estava por volta de 60cm pro lado lavando louca, em teoria no raio de acao tambem. Ambos enchemos a boca d`agua e fomos pra batalha. Diz o Diogo que nao dah certo a da agua, ele nao chegou a manta metade da cebola e jah tava que nem uma moca chorando. Saiu da cozinha reclamando dos olhos e do vento forte. Eu, que fazia um esforco colossal pra manter a agua dentro da boca enquanto ria dos resmungos do companheiro e da cara do mesmo, tive que cumprir a missao: fui, terminei de cortar, engolia a agua e, finalmente, pude rir de vez.
Mas o metodo nao pode ser aprovado: com 50% de resultados positivos, nao poderia ficar como nosso MOCSCC (Metodo Oficial de Corte Sem-Choro de Cebola), logo tinhamos que achar outro, uma vez que jah era hora de cozinhar de novo. Hmm, que que temos? Meus oculos escuros, mascaras de Airsoft (sai um video massa nosso com essas mascaras, "Caixa de Troia", depois eu posto. se pah fazemos um video completo, mas em teoria foi uma mongolice de 10s com uma caixa), oculos de natacao, papel filme, sacos de supermercado...
Acabamos testando o oculos de natacao. Incrivel! Funciona! Dessa viagem sairam algumas "frases interessantes pra quem escuta do outro lado do muro", uma delas de minha autoria, "Eu sei que tah forte, mas nao to sentindo nada ainda", ou "ueh, jah foi tudo?/jah...". Hehehe, talvez meio estranho escrito, mas o Leonardo nao aguentava mais de rir ao escutar elas da sala. Bom, e esse foram os visuais que agitaram a cozinha do Go-Maru-Go (go = 5 em jap, maru = circulo = zero, logo, 505, nosso AP):

Quanto a outras fotos, tenho que tirar do celular, tem coisa pra escrever ainda. Esperamos a net com feh, e nao, nao estou na praia. Quisera eu, mas, de fato, com a temporada de chuva que estah comecando agora eh melhor estar por aqui mesmo.
Ah, e estamos nos preparando pra copa do mundo, nao sei quantos jogos vamos conseguir assistir, mas pelo menos o BrasilxJapao, que vai ser 4 da matina de uma sexta-feira, vai rolar. Arrumei ateh um chaveirinho da Coca-Cola da Copa do Mundo com a bandeira do Brasil, que foi pouco foda de achar. Acho que Brasil e Japao sao os piores de achar, o Diogo comprou duas bebidas yeca pra faturar cada um de um, eu na 3a combini que eu procurei consegui finalmente achar, na ultima garrafa de Coca Citrus da fileira, uma. E vamo ver o que rola ae, quem puder me mandar resultados do jogo enquanto saem os gols via celular eu agradeceria de monte (no caso de jogos do Brasil) e os resultados finais de cada dia. Faremos o possivel pra manter o brasileirismo e se interar da Copa! (ver camisa do Diogo)

Aquele abraco galera, e ateh mais!

terça-feira, maio 30, 2006

Dia de esportes!

Entao galera, estou cansado, correcao, MORTO, torrado de sol e feliz bagarai! To com a infame marca de oculos por causa do sol, mas pelo menos me sinto feliz de nao estar com a minha retina destruida depois das quase 7h num sol fenomenal que abriu especialmente para o Tai`iku`sai 体育祭, ou "Dia dos Esportes", se preferirem. Creio que faz parte da politica do "pao e circo" do meu colegio que cada dia aparenta ser mais picareta, mas nao to reclamando, foi mto louco! Minha sala pode participar somente de uma modalidade, foi futebol, eu nao tava (se tivesse ter ia sido melhor o resultado, creio), perdemos na primeira partida de 3 a 0, o que nos deixou de fora de qualquer outra competicao. Fiquei rodando por lah trocando de galera e andando de skate. Prometo que escrevo mais sexta feira (quando eu vou ao colegio de novo, amanha -quarta- eh folga por causa de hoje e quinta eu nao tenho aula, vai dizer que nao eh picareta?) que agora eu to no cyber e nao quero ficar com mais um post cortado...
Tenho que arrumar umas fotos do meu cel tambem pra uploadar, uma delas eu estou com uma orelha de coelho (hoje), que fazia parte de um pique-pega da galera do SSC, soh que era durante o dia, e o pegador era marcado com essa orelha. Divertido, recomendo quem for pra algum evento grande de galera que vai se separando/juntando fazer, o mais massa eh que que morre com a orelha (pode ser outra coisa) tem que pagar uma prenda, a deste se nao me engano vai ser tirar aquelas fotinhas pequenas chamadas "purikura" fantasiado com algum cosplay... Sorte a minha que eu nao sobrei...

Mas ae, vou ver se tiro uma foto da marca do oculos tambem, feio mas tem que deixar aqui registrada a proeza. Bom, fui galera, ateh mais!!!

segunda-feira, maio 22, 2006

Fimde Relax

Tokyo- linha yamanote - 22:59

Saih do osmar fazem cerca de 30min, tenho turno amanha de meio dia as 9. nao, este trem nao eh rumo ao norte, rumo a minha casa, e sim ao sul, ao meu colegio. ainda penso pq eu insisti nessa ideia loca, mas tudo comecou com o fato q eu nao iria trampar amanha, pelo menos ateh ontem a tarde. jah to escrevendo tudo trocado no cel, um indicativo de que dormir 4h nas ultimas 48 nao foi suficiente e acho q meu corpo jah sacou q as proximas 24h vao seguir o mesmo ritmo. mandei um mail pro meu brother esperando q ele me retornasse alguma info q se tornasse uma desculpa plausivel pra eu furar, mas veio um "vem logo porra!", e, bom, tem q ir. da-lhe SSC! infantaria, ateh a "preula" vai!

Tetsujin - algum lugar de Kamata - 2:09

hehehe, aprendi uma expressao nova:

雰囲気で酔っ払うfun'iki de yopparau

Traducao: bebado pela atmosfera/ambiente

Nao, eu nao bebo, mas de certa forma fico bebado na aba de geral. nao importa, jah ferrei minha garganta cantando no karaoke e tah looonge de terminar este dia. meus atuais planos sao de dormir na yamanote (linha circular de trem) antes de ir pro baito, eh de graca e nao tem como chegar no fim. jah to morto, vou parar esta parte por aki...

Ainda no Tetsujin - 4:49 AM

Mencao rapida soh para nao esquecer: fim de noite, um individuo q n tinha cantado ainda (!!!) resolveu cantar. e assim descobrimos pq ele ficou queto tanto tempo. vale lembrar q os japas nao costumam zoar nego no karaoke, se bem q acho q eu fui o unico espirito de porco a zoar, nem q seja escrevendo uma nota pessoal. ok, fim do karaoke, vamos ver o q rola.

Hotel Capsule 312 , Buraco (ou se preferir, capsula) 722 - Shibuya - 6:28 AM

Bundei de doqmir no trem. eh mto ruim. acabei vindo pra um hotel capsula. grande bosta, pra dormir 4h. anyway, ajuda, creio.

Ainda no 312 - 10:33 AM

caracas, 72h - 8h de sono. e tenho 8h de trampo. jah nao imagino a hora de chegar em casa (umas 22:30) pra poder chapar ateh as... as... 6:30. ehhh, falou fimde!

Queria ter escrevido mais, mas faltou bateria no celular. Foram pesaaadas as 8h de trampo, mas de boa. Sei que tava pregadao ontem quando eu voltei pra casa, chapando de peh ateh no trem! Mas, como sempre, ao chegar nao dormi direto. Fui exercitar o meu nerdismo e brincar com uns circuitos eletronicos enquanto faziamos as contas de casa. Depois tormar banho e jah sao 00:30!

Anyway, quem ganhou foi a Ale (duuhh) , e eu botei feh naquela foto dos dois gringos com cara de louco... Abraco galera! Tenho que zunir do lab agora!

quarta-feira, maio 17, 2006

Ae, tah valendo um...

... boneh do mcdonnalds pra quem arrumar a foto mais comedia e linkar aqui no meu blog. Sexta as 24:30 eu devo postar o vencedor. Mas jah vou avisando, o boneh eh usado e tah com uma das quinas da aba meio solta, por isso que eu o troquei por um novo. O ponto positivo dele? Pra falar a verdade, soh se tu realmente quiser um item usado por mim tem um valor positivo, senao eh soh pelo merito de ganhar mais uma das promocoes dementes do meu blog. Anyway, cada pessoa pode colocar ateh 5 links, e tem que colocar, obrigatoriamente, uma legenda na foto (de preferencia que a deixe mais engracada). Voltando ao "premio", se conta tem meu nome escrito em katakana e eu posso autografar ele tambem se for aumentar o valor... Anyway, logicamente acompanhara uma carta. Quanto ao postal da Lele e do Dib, vou ver se consigo um decente, nao tive tempo de fazer turismo ainda, mas se pah domingao eu vou na Torre de Toquio e faturo uns bacanas.

Voltando ao normal, bom, prometi pra mim que vou tirar uma foto das minhas notas que tomo em aula pra postar aqui, mesmo estando sem internet. Farei um esforco pra montar o meu computador e poder passar do memory stick pra o pendrive que, gracas a lista de material do meu curso, agora eu tenho. Entao, segunda, se pah eu uploado a(s) foto(s). O trampo tah di boa, to pegando a moral agora, tah comecando a ficar mais divertido. Fora isso, to com os planos de ir no Fuji Rock Festival no final de Julho (facada, mas eu me prometi que iria a um show do RedHot, e acho que nao vai ter outro depois desse enquanto eu estiver no Japao), bundei de ir no FatBoy por causa da minha aula de sabado (sem condicoes de virar a noite na boate e chegar na aula de Circuitos Digitais) e ainda to vendo se vou ter grana e tempo pra ir no SummerSonic, que vai contar com Metallica (serah que vale a pena? os caras tao velhos jah...), Daftpunk, Linkin Park e outros. Creio que eu nao vah, mas rola sempre a esperanca... Ainda tenho que comprar uma bike-protese ateh o seu Kemps trazer a lendaria GiantRainier2002 pra tocar o horror no nihon, e fui informado que vai rolar a viagem do SSC (snow) nas ferias de verao pra fazer porra nenhuma em Nagano e do geral do meu curso pra Hokkaido, o que quer dizer que eu provavelmente vah pra Hokkaido duas vezes este ano, uma na aba do Colegio (tem que pagar 400US, mas vale) e com a galera que tah dizendo que vem. Uma das melhores neves do mundo no quintal da minha "casa", nao posso deixar de aproveitar. Isso implica tambem que quero comprar minhas tretas de snowboard, o que vai mais uma grana, o que quer dizer que vou continuar trampando nas horas disponiveis pra poder cobrir minhas sandices. Hora de vazar!

Falou galera, e antes que eu me esqueca, desde quando dolar a 2,12 eh alto? hhheuheuhe, porra, meu dinheiro tah desvalorizando =P

Abracao, e lembrem-se de arrumar a foto pra promocao!

ps: eh Japao, mas eu AINDA estou sem net...

quinta-feira, maio 11, 2006

Aeee Galerinha, beleza? Entao, quinta-feira, dia de folga no colegio (sim, meu curso nao tem aulas na quinta, em contra-partida temos aos sabados, de certa forma, uma troca justa) e tambem nao tenho que ir pro trampo. Aproveitei pra agitar umas tretas que acabaram melando... Heuheue, brincadeiras a parte, fui realmente agitar umas tretas que me pediram, e como sobrou tempo e tem reuniao do SnowSports Club hoje as 6, acabei vindo ao colegio mais cedo pra atualizar minha vida virtual.
Acho que nao falei antes, se falei antes vai repetido entao. Aqui no Japao eles tem a cultura dos clubes, pra quem foi do CMB ou de outra instituicao mais ou menos organizada, seriam os gremios. Estava na duvida de entrar ou no de volei ou no de karate pra fazer alguma coisa decente de esportes, mas como me apresentaram o clube de SnowSports (SSC de agora em diante, eh de snowboard/ski), resolvi mudar meus planos. Por que? Simplesmente o SSC eh uma das coisas mais brazucas que eu vi por aqui. Como nao temos neve agora, as reunioes consistem em todas as quintas, quem puder vem e jogamos alguma coisa, de futsal a touch-rugby. Nas ferias de verao tem uma viagem pra Nagano (olimpiadas de inverno de 98, salvo engano) pra fazer porra nenhuma ou esportes variados, uma vez que nao tem neve no verao. E no inverno rola uma viagem pra Nagano de novo, pra esquiar. Anyway, a galera tambem eh meio longe do conceito "nerd", rola de se divertir bagarai, sem contar na sociabilizacao com os japas. Hehuehue, e ano que vem eu ainda vou ser responsavel pelo desenvolvimento do clube...

OK, vou colocar um pouco de entretenimento no meu blog, infelizmente nao de minha autoria. Pra quem tah aqui em Tokyo, deve conhecer o QuizOne que rola na Yamanote. Yamanote eh a linha de trem circular daqui de Tokyo, em teoria vai de nada a lugar algum, mas liga varios pontos da cidade. Como propaganda/entretenimento, a marca de cerveja Sapporo Draft One, publica o QuizOne, algo como uma charada que voce deve responder em 30s. Toda segunda e quarta eles apresentam uma nova, muitas delas ou tu tem que ver ou tem que saber japones, logo nao vou publicar muitas aqui. Mas essa eu achei legal, e fica pra fechar o post:

SN - 6:00
WE - 9:15
EN - ?

Boa sorte galera!

Ah, claro, deixar um abracao pra Laly, chegou uma caixa dela hoje com 2 livros (prometo que vou tentar ler) , uma barra de Diamante Negro e vaaarios Sonho de Valsa! Caracas, eh o significado de うれしい!!! (ureshii) receber um lance desses! Galera que precisar de algo daqui, podem pedir. Abracao povo!

segunda-feira, maio 08, 2006

ENDERECO!!!

Eu jurava que eu tinha colocado meu endereco aqui antes, mas lembrei depois que foi num dia que eu tinha feito um post moh massa num cyber e acabou o tempo... Rodei, entao vamos nessa de novo:

Paulo Kemper Filho
Soleado Kumegawa, Room 505
Kumegawa-cho 4-47-1, Higashi-Murayama-shi, Tokyo, Japan

ZIP 189-0003

Tah ae, agora vamos ao que conta. Mais uma vez estou no laboratorio de informatica, aproveitando o intervalo da minha aula de Word. Se fosse Word apenas eu estaria escrevendo aqui adoidado, mas como eh Word em Japones, se faz necessario prestar atencao ao que o professor estah dizendo pra ver a correspondencia da acao, do kanji e da leitura do mesmo kanji. Mas no mais tah de boa.

Tivemos o que chamam de Golden Week, aquela famosa serie de feriados no Japao, que meu senmon-gakko ainda fez o favor de enforcar 2 dias que nao eram feriado e deixar 8 dias de "ferias". Mais explicacoes sobre a GW ou no meu post do ano passado (creio que escrevi algo), ou no blog do Claus (ver barra lateral esquerda, ele sempre escreve umas paradas bacanas sobre datas e cultura japonesa, vale a pena conferir. exemplo: texto que eu roubei do dia dos namorados, janeiro). E quem disse que tive ferias? Me voluntariei pra trampar lah no Osmar (osmarquedonaldi -> McDonnalds -> McDo) quase todos os dias, o que me fez somar mais de 80 horas de trampo este mes. Com mais esta semana pra acabar o mes (tive uma semana extra, que eu entrei no final do mes passado), somo por volta de 100 horas, o que vao me render por volta de 1000 dolares! Alegria? Porra nenhuma, pagar contas, reestabelecer a vida e comecar a fazer uma poupanca pra suporte da galera que pretende vir nos visitar e pras ferias de verao, onde pretendo ir ao show do Red Hot Chili Peppers (Fuji Rock Festival). Em teoria vai ter show do Fatboy Slim aqui tambem, dia 19, creio. PELAMORDEDEUS, ALGUEM QUE TEM NET PROCURA NA NET SE EH SHOW MESMO E ONDE VAI SER E MANDA UM MAIL PRO MEU CELULAR!!! Nao tive tempo suficiente pra ler o que estava escrito no telao.

Ah, claro, nao posso me esquecer de contar as desventuras: quarta-feira passada (dia 3 de Maio), cheguei de uma sessao de 9h de fritar hamburger (tah, 8 com uma folga de 1h no meio), pregado, e dormi. Dormi para chegar as 11 da manha no baito, e, de fato, cheguei as 11. Soh que era pra eu ter chegado as 10! Me toquei disso quando saih de casa e conferi a agenda do dia no celular. E isso eram 10:05 da manha. Soh foi o tempo de avisar que eu ia atrasar uma hora, jah que nao tinha como chegar mais rapido, nem se eu pegasse taxi, nem mesmo se EU fosse dirigindo. Pra diminuir o atraso, fui sair correndo da estacao, tava um sol da porra, coloquei meus oculos escuros (ver foto do post abaixo) enquanto tentava atravessar correndo O cruzamento de Shibuya, quando o bendito cai da minha mao. Nao obstante cair da minha mao, foi em direcao a outro membro do meu corpo, soh que nao foi tao bom assim. Em uma fracao de segundo eu soh pude perceber meu oculos indo exatamente para debaixo do meu peh. Caracas, nao deu pra fazer nada... Quer dizer, deu: mandei um mail pro meu pai pedindo pra comprar outro. E ainda cheguei atrasado no baito.

Bom, cabou o laboratorio, tenho que ir. Abraco galera. E mal ae, Brunoro, pelo oculos...

Ah, MANDEM COISAS PRA ESSE BENDITO ENDERECO!

sábado, abril 22, 2006

excerto

Captains Log number 8896-665.3

9 de Abril
14:23Estou eu, a caminho do treinamento da minha primeira experiencia de baito (trabalho temporario). Loja: McDonnalds Shibuya, a loja mais lotada da marca q eu conheco. O dia comecou, digamos, bem. Como eu tenho cabelo grande, tinha duas opcoes: cortar ou prender. Como to sem grana e sem vontade de cortar, vai prendendo mesmo. Mas quem disse que isso seria facil? Meu cabelo nao tah tao grande a ponto de facilitar um marinheiro de primeira viagem, o que me tomou 20min pra fazer algo parecido com um simples "rabo-de-cavalo". E nao fiquei satisfeito com o resultado, mas como jah tinha refeito 4 vezes e este estava um dos melhores, deixei passar. Mulheres, pago pau da destreza pra prender cabelo que voces tem! Saindo de casa, 200m depois a bateria do ipod foi pro saco, e ainda me restam uns 50min ateh o trampo. Estou no trem, sem lugares pra sentar. Mais info depois do treinamento.extra: em Shibuya, antes do baito, fui dar um parcour (leia-se pulo numa cerca) e rasguei minha calca.

15:46 - na falta do kifa, cheguei 15min mais cedo pro treino

16:12 - chega o gerente. Assisto 1h20min de videos sobre o trabalho no McD, inclusive um filme de 40min sobre uma novata no trampo. Depois uma conversa power em jap com "seu" Sacota, o chefia, acabei descobrindo que vou ter que cortar o cabelo um pouco, recebi meu uniforme e me apresentaram o figura que vai me treinar. Terca-feira, num horario power, comeca meu treino. Eeeh, tah na hora do vamo ver...

19:31Vim de Shibuya ateh Shinjuku a peh. No caminho, passei pelo "zoologico humano" Harajuku. Nussa, nunca vi tanta gente estranha junto no mesmo lugar! Hehehe, se alguem pensa q os vestuarios do universo dos animes sao mera ficcao, ir a Harajuku certamente vai mudar seus conceitos. Nah, nao tirei foto que provavelmente devem existir centenas, se nao milhares, de sites dedicados a este lugar, e tambem estava sem camera e andando.Em shinjuku juntei com a Marilia, a Denise, um argentino e uma americana, pra nada-fazer. E voltei para o esconderijo depois...

(escrevi isso no meu cel, no dia, e nao tem como corrigir a acentuacao agora, mal ae)



Bom, no fim das contas jah to trampando, tah moh massa. Pra quem nao sacou da mensagem anterior, foi baseado num mail do Vitor Narigudo quando ele tava na Finlandia, informando, subliminarmente, que havia cortado o cabelo. Narigudo, nao adianta vir me zoar que eu nao lembro o que tu escreveu, devo ter colocado tudo errado mas foda-se! E segue a foto de como ficou, mas claro, tirei uma foto mais marrenta... Denise, se pah me manda a foto de eu no McDo pra eu postar aqui!

Abraco galera! A aula vai comecar agora...

sexta-feira, abril 14, 2006

...

Galerosa, mal a falta de atualizacoes, vou deixar soh uma intro pro post que eu queria colocar hoje, escrevi no celular mas aqui no cyber do meu colegio nao tem sinal, daih fica pra depois. Eu tambem havia escrevido* um outro post um dia desses mas acabou meu tempo no cyber e foi pro saco...

Minhas aulas comecaram, arrumei um trampo no McDonnalds mais lotado de Tokyo. Chegaram os novos intercambistas. E as coisas nao aconteceram necessariamente nesta ordem. Ok, proximo post mais detalhado.

Ah, pra quem lembra, vai umm pouco de filosofia extraida de um mail de uns 3 anos atras. Como minha memoria nao tah tao boa, vou escrever por mim mesmo, quem sabe vai entender:

"Entao, na vida o tempo passa, as coisas mudam, assim como o lapis, com o passar do tempo vai ficando mais curto, o homem com a idade se curva, enfim, eu tambem..."

Explicacao, pra quem nao sacar/lembrar, no proximo post. E nao tem nada relacionado com meus orgaos genitais tao pouco estou paraplegico ou sem algum membro...

Abraco galera, e FELIZ PASCOA! Sim, o coelhinho da pascoa lembrou de mim, mesmo estando tao longe! Brigadao!


* "havia escrevido": nao lembro se tah certo, estou numa crise de portugues nestes ultimos dias, mais especificamente sobre participio. Salvo engano o participio regular (ado, edo e ido) pode ser usado tanto na voz passiva como na voz ativa (na maioria dos casos) e o irregular (derivado do latim, neste caso seria o "escrito") tem uso especifico. Culpa disso foi quando eu fui tirar uma duvida quanto a isso na minha gramatica e achei uma lista dos dois participios e seu uso, e agora eu nao lembro direito e nao tenho como consultar. Anyway...

ps: sei que a ideia do asterisco nao pegou mas como era um assunto muito sem relacao com o post, tive que colocar um

domingo, abril 02, 2006

Pequeno update

Ae galera! To sem net ainda, o que dah pra perceber pelo post sem a devida acentuacao. Mas jah que vim ao cyber-cafe e sobrou tempo mesmo, resolvi postar algo.
Antes de mais nada, queria deixar um abraco especial pro Seu Kemps, hehehe, coitado, liguei pra ele ontem de manha dizendo que iria voltar pro Brasil por causa de um problema com minha bolsa e tal. Eu ia segurar o kao mais tempo, mas como ele ficou muito preocupado resolvi dizer logo que era Primeiro de Abril. Hehehe, mal ae cara, feliz Primeiro de Abril de novo!

Voltando ao conteudo:
A mudanca pra Tokyo foi power, fechamos soh uma caixa (de 1m x 1m x 1,9m) pros 3 e o resto levamos na mao mesmo. Nossa, foi teeeenso chegar do dorm ateh a estacao de trem, da estacao de trem ateh a estacao de onibus, da estacao de onibus ateh a outra estacao de trem (agora em Tokyo), trocar de trem em outra estacao (isso inclui escadas no meio) e finalmente da estacao final ateh o predio que nao sabiamos onde era com uma mochila de acampamento de 60litros cheia, uma mala de rodinhas cheia (estimo outros 60litros), uma mochila pequena cheia e minha guitarra. Eu chuto que eu tava com uns 30kg de coisas, e o Diogo e o colombia tambem estavam pesados. Mas chegamos, apezinho de boa, sem nada dentro. Minto, tinha um quarto de tatami. Abrimos os sacos de dormir e demos uma descansada por lah mesmo enquanto nao dava a hora de ir na imobiliaria pra pegar a chave. Sim, entramos sem chave, o cara deixou aberto pra nos, jah que nos iriamos chegar as 6 da matina e a imobiliaria abria soh as 10. Fora isso gastamos os dois primeiros dias comprando coisas fundamentais pra casa, como algumas estantes, um fogao, comida, recebemos nosso pacote de geladeira+microondas+lavadora de roupas+aspirador de poh que haviamos reservado 1 mes antes, recebemos a mudanca e comecamos a zona.
Passamos boa parte do tempo por aqui em Higashi-Murayama mesmo, jah que o dinheiro tava curto. E como tava sobrando tempo, resolvemos tentar achar trabalho temporario. Eh palha nego te vetar por que tu eh gringo, espero que seja soh pq foi por telefone, mas depois vou procurar um trampo lah por Tokyo mesmo, aqui eh mais pro interior nego nao deve estar muito acostumado com os ETs...
Quarta passada resolvemos dar um pulo na cidade grande, demos um roleh por Shibuya (um dos lugares que reune massas) e entramos de quebrada num bar/boate chamado GasPanic, onde por extrema coincidencia achamos o Rafael Dantas, um dos expedicionarios que veio conosco de Brasilia para desbravar o Japao. Trocamos uma ideia massa com ele, jah ficamos por dentro das fitas de alta periculosidade que rolam lah, e acabamos indo nessa boate nos outros dois dias seguintes. Uma mencao extra para quinta-feira, que migramos deste bar de Shibuya para o de mesmo nome que fica em Roppongi por falta de pessoas interessantes. Fomos andando, uma vez que nao tinha mais trem. Chegando lah, pra completar o murphy, tinha menos gente ainda. Fechamos a noite por lah mesmo, na volta o Diogo foi de trem pra Shibuya enquanto eu fui correndo mesmo. Cheguei primeiro.
Agora estamos cozinhando tambem, uma vez que compramos fogao. Gracas a Deus ainda nao saiu nada que nao se possa comer, e ateh o Diogo, que se dizia o "cabaco-mor da culinaria" cozinhou coisa comestivel! E ontem decidimos tentar fazer um doce, na falta de ideias melhores fizemos uma "torta" de biscoito maria com brigadeiro e morango. Dooooce, mas bom!
Ok, deve ter mais coisa que eu to esquecendo, mas meu tempo no cyber foi pro limbo jah, temos um jantar com a host-family do Diogo e nao dah pra nos atrasarmos. Galera, um abracao, saudades de fazer merda por aih tambem, mas como nao dah vou me esforcar por aqui. Se tem alguem que tah vindo agora e tah lendo meu blog, jah vou avisando que o aviao vai ser cansativo, mas vai valer a pena! Ateh mais!

quinta-feira, março 23, 2006

Atenção: Nível de Desatualização vai subir!!!

Bom, prometi, prometi e nada da formatura. Caracas mal galera, mas hoje que fui postar algumas fotos o blogger resolveu não colaborar, e como eu tenho que desmontar meu pc ontem não dá pra ficar esperando. Mas assim que rolar eu posto!
Vou ficar um tempo sem postar (creio eu) uma vez que amanhã o pc vai pra Tóquio, deve chegar lá dia 25 ou 26 e depois até conseguirmos a internet deve demorar um tikim...

Mas bele, meu email do cel continua valendo, quem quiser me manda um mail perguntando que se eu escrever aqui em 2 tempos meu cel enche de SPAM.

Sobre os dias sem post, fui no Sam&Dave (boate ducarai daqui) pela última vez este fimde, cheguei às 9 da matina (normal), tive mais um dia de "instrutor de inglês para crianças", só que desta vez num programa do Kumon (sim, aquele método que todo mundo usa pra aprender matemática, mas eles ensinam altas matérias, dentre elas inglês), foi massa. Hoje fui na casa da minha professora conselheira também, o Diogo e o Corvo também foram lá pra tocar um horror com os mulequinhos. "Tia" Isoda pagou um rangoso massa pra nós lá, além de trocarmos uma idéia também. Comprei um mini-maçarico hoje também! Pra quem não me conhece direito, eu tenho um lado piromaníaco bem forte desde pequeno (mesmo torrando meu dedão com fogos de artifício aos 3,4,5 anos de idade, não lembro direito, e inúmeros outros acidentes), mas ele estava meio de lado pela falta de opções, a qual a venda de um mini-maçarico a gás portátil que atinge até 1300°C a 10 dólares caiu bem. Sim, já torrei altas coisas num espaço relativamente pequeno de tempo, e estou levando o Diogo pro lado negro da força também. Meu quarto tá um chaos, mas creio que de hoje 4h da manhã não passa, uma vez que tenho que encaixotar (praticamente) tudo. E nisso entra meu PC também, logo, falou galera!

Sempre que possível verei os comments, logo podem deixar que eu devo ir num cyber de quebrada.

Abraço a todos! Até o próximo post, se Deus quiser com fotos do novo covil da Yakuza Latina!

quinta-feira, março 16, 2006

fim da mutação

Calma galera, vou falar da formatura amanhã, hoje o dia não foi dos melhores. Acordei tarde, quer dizer, de tarde, resolvi dar uma caminhada, uma vez que a chuva não tava tão forte e eu tinha que devolver uns dvds, devolvi os dvds, a chuva ficou ESCROTAMENTE FORTE, meu tênis que era pra ser à prova d'água parecia uma esponja, tava um vento cabuloso, quase levando meu guarda-chuva, e pra completar o plug do meu ipod tá com mal-contato. Não obstante, ainda fui na loja de conveniências pagar as passagens pra Tóquio, tentei de tudo com a birosca do terminal e não deu certo, sem contar que a tia da loja ainda me fez falar com os caras do suporte técnico (imagina a pilha que eu tava de falar no telefone, ainda mais em japonês), que não ajudaram em nada, e quando eu fui conferir com o Diogo as informações, acabou a bateria do celular. Quanto ao tênis, fui no site da nike procurar alguma maneira de expressar minha indignação para com o produto deles e advinha só? Devem ter recebido tanto e-mail com reclamação que não tem mais e-mail do SAC. Até no site dos EUA tentei fazer contato, primeiro colocando que era do Japão (de cara fui vetado falando que eu tinha que entrar em contato com a nike japan e, para isso, me deram um NÚMERO DE TELEFONE, o qual provavelmente eu terei que falar em japonês), depois coloquei que era dos EUA e eles falaram que aquele email não é para reclamações, mande uma carta ou ligue para um dos números de atendimento ao cliente. Caracas, que vontade de ligar só pra dizer um "Vão se fuder vocês todos!". Mas bele, se meu dia está ruim, não quer dizer que eu não possa melhorar o de vocês:

6º estágio: Moita

Após soltar as trancinhas do "corn braided hair" e dar liberdade ao cabelo, quem disse que ele volta de cara ao normal? Hehehe, creio que "moita" foi a melhor definição, obrigado Alê!











7º estágio - Normal (?)

Nada como um bom banho para retornar as coisas ao jeito que eram antes. Bom, voltei ao normal, e logo agora que já estava me acostumando (e começando a gostar, diga-se de passagem) com o "corn braided hair"... Hmm, quem sabe uma próxima vez não faço de novo? Ou então qual será a próxima viagem? Hehehe, não, ainda não vou pintar meu cabelo de vermelho, verde, roxo, azul, ou qualquer outra cor.





Então é isso, post da formatura amanhã, resposta dos comments amanhã também. Mal aê galera, mas eu quero acabar logo esse dia que, apesar de curto, conseguiu ser uma bela M.E.R.D.A....

Formatura! mas antes...

... falarei sobre o dia de ontem, que foi a "preparação para a formatura". Como eu já havia decidido faz mais de mês que eu queria fazer alguma coisa esparra na formatura, e o meu alvo seria o cabelo, e eu não queria pintar/cortar, sobrou só mudar a forma. O escolhido foi aquelas trancinhas que fazem no cabelo, não sei se chama isso de dreadlock também porque essas ficam presas no couro cabeludo. Minha amiga disse que o nome disso é "corn braid" (ou algo assim, tava com um puta sono já), e um cabelo nessa forma é "braided hair". Se alguém sabe mais sobre os nomes, se eu escrevi errado ou algo assim, me avisa que eu corrijo. Ok, mas nome não é o foco. Vamos descrever entaõ os estágios de se fazer um cabelo desses:

1º estágio: Cidadão Normal
Como o nome já diz, ainda não mudou nada... Logo, para fotos referentes à este estágio, vide outros posts.


2º estágio: Indo para o lado rosa da Força
Separa-se o cabelo em dois, para poder fazer as tranças alinhadas. A separação é mantida com duas liguinhas formando uma "maria chiquinha". Pesquisas comprovam que passar por esse estágio após 11h da noite, já estando cansado e com uma câmera digital por perto resulta em fotos, digamos, asquerosas (ver foto ao lado)







3º estágio: Tchau forma anterior!
"Que que essa tia tá fazendo no meu cabelo, mãããe?" é a frase que vem na cabeça nessa hora. Começa a vir aquela dúvida de "que que eu tô fazendo aqui??" ou "que furada que eu me meti??". Como tudo na vida, dói um pouco no começo, mas depois acostuma.








4º estágio: Meio feito ou meio ferrado?

Atinge-se 50% do "progresso". Bundar agora ou nunca. Mas como as pessoas em geral pensam "ah, já vim até aqui, desce tudo agora!", deixa o bonde seguir... (o dedo na foto é da mina que tá fazendo isso no meu cabelo...)









5º estágio: Tá feita a Cagada!
Tchans! Temos um menino com o "corn braided hair"! O que que eu tava pensando na hora que eu tirei essa foto? A propósito, antes que venha algum comédia fazer graça, não, eu não estou sob efeito de nenhuma droga da classe dos canabinóis não, são duas noites dormindo pouco (apesar de estar de férias, tive que acordar cedo esses dias). Mais uma vez temos o dedo de nossa artista, mas não somente com uma mão, temos agora com as duas! Não me culpem, estão fora do meu campo de visão, não fiquei sabendo disso na hora.



O 6º e 7º estágios eu coloco depois, quando eu tirar as liguinhas e quando tomar banho. Espero que não tenha que ter um 8° pra voltar a como estava antes...

O da formatura mesmo, eu posto amanhã, tô com um senhor sono agora galera, foi mal, não costumo deixar post no meio (e não venham fazer referências ao de Hokkaido), mas imaginem se eu já tava pregado ontem quando eu fiz o cabelo, fui dormir às 3:30 que assistimos "Beleza Americana" (filme bacana, a propósito) e tive que acordar às 7:45 pra me arrumar pra formatura. No mais, abraço e amanhã eu posto a próxima!