quarta-feira, dezembro 06, 2006

Hit the road, Jack!

(galera, mal ae, eu jurei que eu tinha postado isso lá no colégio, mas como lá o blogger também fica em japonês, apertei o botão "salvar como rascunho" ao invés de "postar", e ficou guardado... bom, vai um post cabulosamente grande então!)

Salve leitores do do meu (jah nao atualizado todo dia) blog. Mas tambem, nao tenho tanta coisa interessante pra contar, fora que estou esperando a chegada da mafia Kemper aqui no Japao, enquanto isso "estudo" e trabalho. Porem, de vez em quando, dah a pala e eu faco alguma coisa nao-normal, e, se eu lembro, cai no blog. Bom, estah aih a nova (estou digitando no pc do colegio, mal a falta de acentos de novo):

Sabado( 25/11) , 4h da tarde. Acabou a aula, sem trampo, sobrando tempo, estou de bobeira nos arredores do colegio quando meu brother espanhol me manda um mail dizendo que ia pagar uma grana que tava me devendo. Grana, sobra de tempo... Fui alugar um carro, pra celebrar o quase um mes de carteira de motorista (sabado era dia 25 de novembro, tirada dia 26 de outubro) e, consequentemente, quase um mes sem pegar num carro. Vale ressaltar tambem que fazia mais de 1 ano e 7 meses que eu nao pegava transito, mas quem disse que eu tava me preocupando com isso? Tah que a loja ficava na frente da estacao de trem e desembocava numa rua movimentada, mas dane-se! O espanhol pilhou tambem, fomos. Alugar foi facil, aqui nego confia mais em geral (deve ter menos picareta tambem), logo nao precisa de cartao de credito nem merda nenhuma, soh da carteira de motorista e dinheiro. Como o colegio fica longe bagarai da minha casa e eu pretendia dirigir ateh as 10 da noite (horario maximo de devolucao), escolhi uma loja "perto" de onde eu moro. Assinei os papeis, fui pegar o carro. Automatico. Desculpem a falta de foto, mas o mais impressionante eh que entre o banco do passageiro e do motorista nao tinha absolutamente NADA.
"Senhor, algum problema?"
"Tipo... como dirige isso?"
"Ah, eh simples. Tah vendo essa manete do lado esquerdo do volante?"
"Uhum, a que nao eh do limpador de para-brisas?"
"Essa. Isso eh o cambio. N eh Neutro (ponto-morto), R eh reh, D eh drive. L, 2, 3 acho que voce nao vai precisar usar, entao vai de NDR soh que tah valendo."
"Tah... mas e o 'freio de mao'?"
"?"

"Ah, o 'freio-de-lado'?" (o cara falou 'saido breiku', ou 'side break' em ingles)
"Eh..." (supus que seja a mesma coisa)
"Peh esquerdo. Pisa ateh o final, ele trava. Pisa de novo, ele solta."
"Soooh... (enquanto falava isso imaginava uma serie de merdas que eu poderia fazer pisando no 'freio de lado' no instinto da embreagem) Acho que jah dah pra ir agora, valeu tio!"
"Atencao no transito!"
"Taaah..."
"Aah, e como usa a Navi*?"
Navi: Abreviacao de Navigator, aquelas telas de LCD com GPS e mapa dinamico, que planejam rotas e etc...
"Tela de toque, se quiser ir pra algum luga
r aperta 'Destino' e coloca ou o telefone do lugar ou vai pelo endereco. Pra cd, aperta CD que dah pra colocar um CD de audio."
"Valeu!"


Beleza, solta o "freio de lado", pega a manete, poe no D e o carro comeca a apitar e ir pra tras. Tudo bem, coloquei no R. Este incidente se repetiu mais algumas vezes durante o percurso, eu REALMENTE nao tenho afinidade com AT. Ok,
D, acelerador, vamos! Pra onde? Eu nao tinha entendido como funcionava a navi, tampouco o meu copiloto. Pelo menos o mapa estava aparecendo na tela. Enquanto o espanha tentava colocar a casa dele como "destino", eu tentava me concentrar no transito caotico. No instinto consegui chegar na casa dele, logicamente depois de uma volta sinistra. Enquanto eu me dedicava a aprender como mexia na navi o espanha foi pegar uns cds. Demos mais uma volta em Kamata e meu copiloto teve que sair, jah que tinha compromisso. Na falta do que fazer, resolvi ir ateh em casa, depois ver se pegava o diogo no trampo e depois ir pra entregar o carro. No caminho pra casa, descobri porque que ter um carro no japao nao eh tanta vantagem: levei 3h pra fazer um percurso de 30km. Tah que no meio eu fiz umas loucuras, achei que a navi pegava as vias mais largas, logo fui no freestyle por umas ruas secundarias, mas serio, desisti logo. As ruas eram, teoricamente, de mao dupla, mas soh passava 1 carro e meio quando largas, e isso aliado ao meu cabacismo e o fato de existirem carros na contramao, me fez retornar ao esquema da navi. E em contar que depois de 1h de direcao eu jah tava com uma vontade monstra de mijar, imaginem o que foi aguentar mais 2h no friozinho que tava, sentado, num engarrafamento.
Chegando perto de casa, e com o tempo suficiente apenas para parar, mijar e ter que devolver o carro, descobri que eu nao sabia como fazer pra entrar no meu predio, vindo de carro, e eu nao tava na pilha de procurar como com minha bexiga quase estourando. Dirigi ateh a combini mais proxima, que eu sabia que tinha estacionamento, e mais uma vez tive que pedalar pra achar como entrar na combini que estava do
outro lado da rua. Acabei dando um cabrioleh (como diria Seu Kemps) mais pra frente e fiz um retorno pra deixar a combini do mesmo lado da rua. Chegando lah, estacionei. E quem disse que iria ser um alivio? Parei o carro, coloquei no N, desliguei as luzes, fui tirar a chave... quem disse que a chave saia? Perdi uns 5min tentando descobrir como tirar a chave quando cheguei a conclusao que "ora, estamos no japao, deixa o carro aberto com a chave dentro que nao vai acontecer nada!". Problema resolvido, banheiro! Serio, se nao foram 40s mijando, foi 1 minuto. Logico que meu instinto de brazuca nao me deixou mijar tranquilamente por ter deixado o carro aberto, mas no final estava de boa. Comprei algo pra comer e vazei. O caminho ateh a loja foi facil, confiei mais na navi, e como era o sentido oposto ao fluxo "voltando pra casa", e jah era meio tarde, foi rapido. E eu ainda tinha que abastecer o carro. Dei umas voltas perto da loja mas nada de posto. Liguei o foda-se e deixei os caras me cobrarem o combustivel na locadora, deu uns 6 dolares, para 70km ateh que nao foi tao facada, mas jah era previsto ser mais caro que o normal. (carro 1.o, automatico, gasolina a 1,08 dolares, estimo que seriam uns 5,83 dolares se eu achasse um posto). Fim da aventura, voltei de trem pra casa, mais uma vez...

Finalmente tomei vergonha na cara e virei trainer do McDonalds. Não que eu não fosse, eu já treinava a galera, de fato meu posto era TR-T (Trainee de trainer), mas como minhas férias estavam chegando perto e o manager que tava me treinando ter dado uma data limite, terminei de ler o livrinho, escrever as paradas e fiz a avaliação. Passei. O que muda:
-Meu salário aumenta 50 ienes por hora (O básico é 1000, levei duas promoções de 5, logo estava em 1010)
-Tenho que treinar nego decentemente agora, ou a culpa cai sobre mim do cara ser oreia
-Se nego tiver trabalhando lerdo ou ruim ou sujo, e v
ier alguma reclamação, cai e mim

Dane-se, é legal ser trainer. Comparativamente falando, seria um Sargento do Exército. Na verdade, o Osmar tem MUITAS coisas próximas ao sistema do Exército, mas isso é assunto pra outra conversa.

Falando em Osmar, nego tá desesperado que eu não vou trabalhar lá 1 mês, mas como já tinha avisado em Agosto (mesmo que eles não lembravam, mas avisei com MUITA antecedência), mas nem que eu precisasse me demitir eu ia tirar essas férias agora pra passar com nego lá de casa que vem me visitar. Ora, gosto do meu trampo, gosto da grana, mas felizmente eu ainda tenho uma bolsa de estudos que me permite fazer essas insanidades! =P

Sobrou uma fantasia de Pikachu na minha mão, lá no trampo. Olha o que que deu... Nego tá vendendo um calendário do Pokémon no Mc, daí de vez em quando uma mina vai fazer propaganda fantasiada disso... heuhue, mas foi divertido se vestir de Pikachu.

Domingão (03/12) teve o Teste de Proficiência de Língua Japonesa (日本語能力試験 - にほんご・のうりょく・しけん - Nihongo Nouryoku Shiken) , fui lá na Universidade de Engenharia Agrícola de Tokyo (foto ao lado) marcar bolinhas. Deste ano a parte de Kanjis/Palavras foi mais tranquila, o Listening não foi tão complicado, mas eu devo ter dado umas moscadas por falta de treino, mas agora a parte de Compreensão de Texto/Gramática foi meio densa. Esperamos o resultado em Fevereiro! Laly, como tu foi? De noite, fizemos o segundo Go-Maru-Go (505) Meeting, mais uma vez fomos num restaurante família patrocinado pela casa, comer o que quisesse. Hehehe, é bom pedir as coisas em sequência sem se preocupar com o preço! Mais uma vez, saímos

Começaram as provas. Tô pedalando pra ver se consigo tirar tudo A desta vez, pra ver se eu tenho uma chance ainda de estender minha bolsa pra universidade. E não é tão tranquilo assim: tá que as matérias não são difíceis (em geral) mas tem uns professores punks de vez em quando, daí tem que pedalar. Sério, se eu viso estender minha bolsa, nestas provas agora do meio do semestre e nas do final do semestre eu não posso tirar nada abaixo de A, já que eu já tô no limite de matérias B e C...

Ontem (sim, ontem mesmo! dia 05 de Dezembro) fui num show do Sekai Ichi (セカイイチ) de novo. Salvo engano só o Brunoro conhece, mas peçam pra ele as músicas, ou então diretamente pra mim que eu mando! Falando em Brunoro, leke, tu tá lendo o blog? Qual a maneira mais fácil e rápida de te achar? Tel da tua casa ou mail? Tuas caixas (creio que tu mandou 2) ainda não chegaram. Tá que uma foi de navio, mas tá meio fora do prazo, não? E, se pá, a outra foi de navio também, se possível checa lá no site dos correios... Mas então, o show foi massa. Tocaram outras 3 bandas, Clammbon abriu o show, banda massa, uma mina tecladista/vocal, um baixista e um batera, agitaram nego, e parece que é meio conhecida no mundo das bandas pequenas. Na sequência veio Sloth Love Chunks, que definia com grande fidelidade o conceito de "Ruído". Eu e o Diogo tivemos que sair na 3 ª música que o ouvido tava doendo já. Em terceiro Sekai Ichi agitou geral, acabei descobrindo que a vocal do Clammbon fazia o back em uma das músicas deles, do 1º CD, salvo engano. Sekai Ichi compensou bem a outra banda, pena que foi meio curto o show. Depois veio Mo'some Tonebenders, agitaram também os poucos que ficaram até o final. Mas depois de 4h de show, já tava trash o ouvido, não deu pra curtir TANTO as últimas músicas. Tenho o ouvido zumbindo até agora.

Agora, a parte de responder os comentários:
"O jardineiro é Jesus, e as arveres somo nozes", que comédia!
"... e as arveres"
"arvÔ!"
"arvorozos"
"arvÔRES!!!"
Indiscutivelmente, o cara ficando puto no fundo é a melhor parte! E o trabalho de vídeo também ficou fantástico!

Pô, foi até massa que a primeira vez que eu vi o bagulho do ilusionista eu tava com sono, chegou a dar o gela, mas ficou meio tosco demais, não? Dá até pra rir, mas sei lá...

Alguém viu a foto do Diogo? Hehehe, de pensar que ele fez foto pra alguma publicidade nesse naipe...


Ae, valendo um Cartão de Ano Novo Custom Go-Maru-Go (em jap), ponham o nome e endereço num comment DESTE post até dia 9 pra dar tempo de fazer junto com os que vamos fazer pra galera do japão.

Abraços, おつかれー

7 comentários:

Lelê Google disse...

yay!
muito linda tua fantasia de Pikachu! juro que fiquei com vontade de tirar uma foto assim também! \o/
leke, carro automático é sussa demais de dirigir. as marchas que vc ñ usou são as pra dirigir na neve, ou seja, são mais fortes e mais bebedoras também. é legal pra dar aquela arrancada forte, tipo qdo vc tem q atravessar uma rua inteira pra pegar o retorno antes de ser atingido pelos outros carros.
(pára tudo: eu explicando coisa de carro pra vc? OMFG!!!)
parabéns pelo posto de treinador! no Outback os treinadores ganhavam um pin de canguru com filhotes =P meigay mas enfim...
não se esqueça do deadline pra pedir coisas daqui! sexta eu vou rodar o DF pra resolver um zilhão de coisas, é a boa hora pra pedir algo não comprável no mercado.
aaaaaa faltam 8 dias pra gente zarpar! vc vai ver a maior coleção de cachecóis do mundo =P vou passar frio, mas estarei decentemente vestida ehehehe
vou nessa, tem uma qualificação me esperando =/
beijãooooooooooooooooo

Lelê Google disse...

ah!
e o mais massa do vídeo do Criss Angel é a pala da mulher que segura os braços =P
esse maluco tem cada coisa cabulosa, o dia q vc tiver tempo dá uma procurada nos vídeos dele. ele atravessa vidro, voa de um prédio a outro... essas nem o Mister M explica, é muito bem feito!

Leonardo disse...

Bom, pikachu é melhor que britney spears (se bem que essa anda pegando a paris hilton) de qualquer forma. Sinto uma evolução em vc mlk hehehehe Po, nem curto carro automático não, o legal é segurar na marcha pra passar pra outra... Mas essa do freio de pé (?) foi massa, dá pra fazer muita merda mesmo.
Mlk, outra hora eu escrevo mais, agora eu to meio atrasado pro trabalho. falows

Bel =] disse...

Oiii! passei um tempinho sem comentar neh, mas agora ja m atualizei hehe
E tu ainda fala que nao tem mta coisa pra contar?! af maria imagina se tivesse heuheu
Ri de tudo do teu post, inclusive da fantasia hehehe e principalmente da parte do carro..mto comedia!
Bueno estou indo viajar la pra terrinha esse sabado, entao soh vou entrar aqui de novo no final de janeiro! Ate la ;)
Bjos guri =***

laly disse...

Adorei a fantasia de Picachu!!

Tu num se embananou nos cruzamentos nao???

Ah, eu quero ccartao de natal/ano novo!! vc tem meu endereço. Bjo!!

RoGeR disse...

"e isso aliado ao meu cabacismo"
aheuaehuaeh
mistorei rindo dessa parte...
ahh deixa eu me 'reapresentar'
o roger, aquele amigo da rafa... e tal... a gente jogou banco imobiliário... \o
li teu blog... massa \o
boa sorte vendo o MUNDIAL DE CLUBES aí... dá uma força pro colorado (sim eu sou colorado)
e era isso...
abraço aí
ahhh altas fantasia do Pikachu... mas eu sou mais o Charmander.

Nise disse...

belo post! previsao pra um novo?
como estah o final de ano escolar?
To com uns trabalhos atrasados mas ateh dia 21 me acerto.
BEIJO